‘Corredor Cultural’ recebe bateria da escola Catedráticos do Ritmo

Por - em 28

Amarela, preta e branca são as cores que vão tomar o Beco da Cachaçaria Philipéia neste sábado (23), a partir das 15h. As tonalidades são da Escola de Samba Catedráticos do Ritmo, que emprestará a cadência de sua bateria ao projeto ‘Corredor Cultural’. O evento acontece todos os finais de semana no Centro da Capital e a realização é da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

Em 1967, a agremiação era apenas uma charanga ou banda de música composta principalmente por instrumentos de sopro, onde todo carnaval desfilava nas ruas do bairro do Róger. Apenas em 1970 foi que nasceu de fato a Escola de Samba Catedráticos do Ritmo, na Ladeira Pedro Ulisses, onde localizava-se a residência da família Brito, idealizadora do projeto.

A ideia de criar a agremiação foi liderada pelo tenente Brito, que recebeu apoio dos amigos como Agostinho Tomas, Severino Almeida, Eulálio Nascimento, Tenente Zito e Dona Verbena (madrinha da Escola). Ao longo de décadas de existência, a Catedráticos do Ritmo já foi campeã várias no Carnaval Tradição de João Pessoa.