Cras do Alto do Mateus comemora 5 anos com prestação de contas

Por - em 30

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) vai comemorar os cinco anos do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), do Alto do Mateus, nesta próxima sexta-feira (04). A solenidade vai começar à 14h com uma prestação de contas de todo trabalho que foi desenvolvido dentro da comunidade em todos esses anos. Haverá também a entrega de certificados de mérito para as lideranças sociais que foram parceiras na busca de uma melhor qualidade de vida para as mais de 3.800 famílias que já foram beneficiadas com a inclusão em programas sócio assistenciais.

Para a coordenadora de Proteção Social Básica, da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), Waleska Ramalho, além de ser uma data comemorativa, também é uma oportunidade de prestar contas a sociedade e mostrar que as ações vêm rendendo frutos e melhorando a vida das famílias que estavam à margem da vulnerabilidade social.

Entre outros benefícios já alcançados pelo Cras do Alto do Mateus, e um dos mais comemorados pela equipe e a comunidade, está a construção do Conjunto residencial Gervásio Maia, oferecendo moradia digna para 37 famílias que viviam embaixo de lonas naquela região. Além disso, pelo menos 230 pessoas foram qualificadas profissionalmente.

“Esses foram alguns passos importantes que conseguimos avançar nestes últimos anos e que modificou o cenário do Alto do Mateus”, garantiu Waleska. “A nossa função é dar autonomia e gerenciar o protagonismo social daquelas pessoas que precisam estar inseridas ativamente em programas de políticas públicas. O trabalho do Cras é justamente estreitar o caminho entre aqueles que precisam da rede de atenção e assistência social aos projetos e programas governamentais e não governamentais”, completou.

Os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) são espaços físicos públicos onde são necessariamente ofertados os serviços do Programa de Atenção Integral as Famílias (Paif), e podem oferecer outros serviços, programas, projetos e benefícios de proteção social básica relativos à segurança, rendimento, autonomia, acolhida, convívio ou vivência familiar e comunitária.

Atualmente, atuam no Cras do Alto do Mateus dois assistentes sociais, dois psicólogos e três orientadores sociais do Projovem Adolescente. “Toda nossa dinâmica é intersetorial com outros órgãos municipais, federais, com a Rede de Proteção a Assistência Social e a própria comunidade. O cadastramento das famílias é constante, como também realizamos uma média de 80 visitas ao mês às pessoas que buscam os serviços do Crais”, disse Waleska.

O Cras do Alto do Mateus está localizado na rua Luiz Pimentel. Para mais informações sobre ações e serviços o telefone de contato é 3214-6641. O horário de funcionamento é comercial, de segunda a sexta-feira e não fecha para almoço.