Crianças atendidas no Peti se apresentam no IV Ecarte

Por - em 127

A alegria tomou conta do auditório da Estação Cabo Branco – Ciências, Cultura e Arte, na última sexta-feira (30), com a realização do “IV Ecarte – Estatuto da Criança e do Adolescente através da Arte”. Durante toda a tarde, centenas de crianças e adolescentes atendidos pelo Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), se apresentaram e assistiram a vários espetáculos de música, dança e teatro. Eles também visitaram a exposição montada no Salão Panorâmico da Estação, com suas produções de artes plásticas e poesias. O evento, que encerrou o calendário de atividades comemorativas pelos 20 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), foi coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e contou com o apoio do Instituto Alpargatas.

O IV Ecarte enfocou o problema das drogas, através do tema “Direito à saúde e à vida, sem drogas”. Foram apresentados 21 espetáculos de teatro, música e dança, no auditório da Estação. E mais 50 trabalhos de artes plásticas, como esculturas, pinturas em tela, máscaras, gravura em tela e papel, desenhos e instalações, além de 400 poesias e cordel, ligadas ao tema sobre as drogas, expostos no Salão Panorâmico da Estação. Toda produção artística exibida no festival foi criada e executada pelos próprios alunos, com apoio dos monitores do Peti.

O secretário de Desenvolvimento Social, Lau Siqueira, destacou que é visível a evolução do evento e que a intenção é potencializá-lo. “O Ecarte é resultado de um trabalho cotidiano que tem conquistado avanços do ponto de vista social, porque integra e conscientiza contra o trabalho infantil, as drogas, o abuso e a exploração sexual, enfim contra a violação dos direitos das crianças e dos adolescentes, mas também do ponto de vista estético, porque tem servido para revelar vários talentos em um estado que é um celeiro de talentos”.

José Guilherme, de 15 anos, que frequenta o núcleo do Peti Casa Pequeno Davi desde os seis anos de idade, se apresentou com seu grupo de dança de rua ‘Adolescentes em Ação’. “Formamos o grupo há dois anos, mas esta é primeira vez que nos apresentamos no Ecarte e gostamos muito. Passo o dia inteiro na Casa Pequeno Davi e à noite vou para a escola. Adoro o Hip-hop e vou me empenhar para pode ser um educador do Peti nesta área”, disse José Guilherme.

Aldiléia Santos de Carvalho, de 14 anos, faz parte do Peti do CRC de Mandacaru e integra um grupo que dança vários estilos. No IV Ecarte, o grupo formado por quatro meninas e quatro meninos, apresentou uma coreografia de ‘Dança de Rua’. “Queremos mostrar para todos os bairros que somos arte em movimento”, destacou Adiléia.

Sobre o festival – Ecarte é um festival de arte, realizado no mês do aniversário do Estatuto da Criança e do Adolescente, onde as crianças e adolescentes atendidos pelo Peti, apresentam, através de espetáculos teatrais, de música, de dança ou artes plásticas o que foi compreendido por eles acerca de seus direitos e deveres garantidos pelo ECA, em atividades realizadas nos 32 núcleos do programa nesse período.

Os trabalhos de artes plásticas e as poesias sairão em uma exposição itinerante, durante todo mês de agosto, pelo Casarão 43, Paço Municipal, Biblioteca Central da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e no Centro Administrativo Municipal (CAM).

Espetáculos apresentados:

1. Rap Atitude Livre – Centro Livre Meninada (Dança e Música)
2. Brasil mostra tua cara – Centro Livre Meninada III (Dança)
3. Danças de Rua – CRC de Mandacaru (Dança)
4. Resgatando o Coco de Roda – Muçumagro (Dança e Música)
5. Adolescentes em ação – Casa Pequeno Davi (Dança)
6. Anjos de Deus – Associação São José (Dança)
7. Sementes do Amanh㠖 Casinha (Dança)
8. Berimbau Viola – CRC Jardim Veneza (Dança)
9. De bem com a vida – CRC dos Funcionários II (Teatro)
10. Embolada – Mumbaba (Dança e Música)
11. Estrelas do Amanh㠖 CRC dos Bancários (Teatro)
12. Casa da Vida – Projeto Beira da Linha (Teatro)
13. Arte é Vida – Centro Livre Meninada II (Teatro)
14. Drogas não escolhe cor, raça e nem classe social – CRC do Cristo (Teatro)
15. Cordel Arca – Arca Ilha do Bispo (Teatro)
16. Asas da Imaginação – Centro Livre Meninada V (Teatro)
17. Sarau Poético – Patrícia Tomaz (Música)
18. Jogral Sal e Luz – Gênesis (Música)
19. Paródia – Drogas – Santa Clara (Música)
20. Herdeiros do Futuro – CRC de Cruz das Armas (Música)
21. Água – Olho do Tempo (Música)