Crianças atendidas pelo Peti da Prefeitura fazem plantio de mudas

Por - em 69

Cinquenta crianças e adolescentes do núcleo do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) Escola Viva Olho do Tempo desenvolvido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) através da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e seus familiares realizarão nesta quarta-feira (7), a partir das 8h, o plantio de 50 mudas de plantas nativas da Mata Atlântica, na Comunidade Gervásio Maia.

A iniciativa faz parte do Projeto de Reflorestamento do Vale do Gramame desenvolvido pelos meninos e meninas da Escola, dentro do Programa de Ecoeducação, Cultura e Memória. Ao todo serão plantadas, desta vez, 100 mudas. As outras 50, serão divididas para a Escola Viva Olho do Tempo, numa atividade que acontecerá no dia 14 de março, nos dois turnos às 8h e às 14h. As 20 mudas restantes irão para o Colinas do Sul II, no dia 21 de março, a partir das 14h.

Desde 2008, o Projeto já plantou 900 árvores nativas de Mata Atlântica. O objetivo é melhorar qualidade de vida das comunidades do Vale do Gramame. O Programa de Ecoeducação da Escola Viva Olho do Tempo, atende mais de 150 crianças e adolescentes, com idades de 7 a 15 anos. Participam ainda do Programa, as famílias dos alunos, que se encontram uma vez por mês, para debater as ações da Escola e discutir a importância da preservação do meio ambiente.

Peti – Ligado a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) atende cerca de 1.800 crianças e adolescentes, de até 16 anos das práticas de trabalho infantil, considerada perigosa, penosa, insalubre ou degradante, ou seja, daquela condição de trabalho que coloque em risco seu desenvolvimento, sua saúde e segurança.

O programa reconhece a criança e o adolescente como sujeito de direito, protege-as contras as formas de exploração do trabalho e contribui para o desenvolvimento integral. Com isso, o Peti oportuniza o acesso à escola formal, saúde, alimentação, esporte, lazer, cultura e profissionalização, bem como a convivência familiar e comunitária.