Crianças e adolescentes do Peti fazem recital de poesias

Por - em 36

Com o objetivo de comemorar o Dia da Escola, as crianças e adolescentes atendidos pelo Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) do Centro Livre Meninada I, realizaram na última segunda-feira (15), na Escola do Rotary, um recital de poesias de autoria própria. A atividade faz parte do Projeto “Ler e escrever é só querer, Ler e contar é só começar”, desenvolvido há três anos no Centro Livre Meninada I, pelos educadores Catarina Arruda, Ana Flávia dos Santos, Clareana Cendy, Malu Farias, Mariana Ligia e Sandra Márcia Xavier.

A coordenadora do CLM I, Catarina Arruda, explica que o objetivo do Projeto “Ler e escrever é só querer, Ler e contar é só começar” é despertar nas crianças e adolescentes atendidos o gosto pela leitura, interpretação e produção de textos, poesias e letras musicais. “Nosso intuito é o de fazer com estes meninos e meninas desenvolvam um senso crítico e o gosto seletivo e refinado por músicas de boa qualidade”.

Segundo Catarina, como resultado deste projeto sairá o livro ‘Ensaios Poéticos’, que está sendo montado pelos próprios alunos com orientação dos educadores. “O livro reunirá várias poesias, textos e ilustrações produzidas por eles sobre diversos temas como o combate ao trabalho infantil, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e a Amazônia”, concluiu a coordenadora.

Poesias:

Criança cidadã
Criança solidária
Criança carente
É criança necessitada.

Vou lutar por um
Mundo melhor.
Vou lutar para
Vê-la gente.
Vou mostrar
Para esse país
Que não existirá
Mais criança carente.

Eu olhei carro
Peguei frete
Minha vida só mudou
Quando alguém
Me falou do Peti.

Jailson Félix (14 anos)

Lugar de criança
Não é na rua trabalhando
Sim na sua casa
Brincando e estudando.

Criança não é objeto
Criança é um ser
Deve ser tratada com amor
Para ser feliz e crescer.

Aline da Silva (14 anos)