Crianças se preparam para concurso de desenho sobre igualdade de gêneros

Por - em 31

Diversas crianças da Escola Municipal Tharcilla Barbosa da Franca, no bairro do Grotão, participaram de uma oficina sobre igualdade entre meninos e meninas. O encontro, que aconteceu na tarde da quinta-feira (24), teve o objetivo de preparar as crianças para participarem do ‘2º Concurso de Desenho sobre Igualdade de Gênero para Crianças’.

A oficina foi ministrada pela assessora de Educação da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres (CPPM), Lígia Luis de Freitas, que trabalhou temas diversos o tema da desigualdade de gênero, a partir do tema do concurso ‘Era uma vez uma menina e um menino. Sem ambos, já não haveria mundo’… Os desenhos serão selecionados e encaminhados para Brasília.

A proposta da diretora da escola, Maria de Fátima Ramos, é fazer uma exposição com as fotos e toda a produção da oficina. “A idéia da exposição é, além de valorizar a oficina, estimular as crianças a refletirem e se interessarem por essas temáticas”, observou a diretora.

Depoimentos – Para Elen Cristina, 10 anos, o desenho é uma oportunidade de mostrar sua visão de mundo. “No meu desenho quero mostrar que o mundo seria melhor se homens e mulheres dividissem as tarefas”, afirmou.

Já para Andressa Benício, 8 anos, é importante também mostrar a diferença salarial que existe no mundo do trabalho. “Vou desenhar o homem e a mulher trabalhando e ganhando igualmente”, enfatizou a aluna.

O concurso é uma iniciativa da União Européia e visa estimular crianças de países em desenvolvimento, entre oito e dez anos de idade, a pensarem e expressarem através de desenhos o tema da igualdade entre os homens e as mulheres. Além de crianças brasileiras e latino-americanas, estão participando meninos e meninas de outros continentes e regiões como África, Ásia, Caraíbas, Mediterrâneo, Pacífico e países europeus.

Divulgação – A Coordenadoria das Mulheres divulgou o concurso junto às escolas, a fim de estimular o debate sobre gênero com as crianças. “As escolas que estão interessadas em participar do concurso podem entrar em contato com a coordenadoria, como também, têm autonomia para encaminharem os trabalhos de suas crianças”, destacou Lígia de Freitas.

Os trabalhos podem ser encaminhados até dia 1º de maio para o endereço da Delegação da Comissão Européia, SHIS QI 7, Bloco A – Lago Sul, CEP 71615-205, Brasília/DF.

“A participação no concurso é importante, mas o fundamental é que as escolas municipais tragam a temática das relações de gênero para o seu cotidiano, para seu Projeto Pedagógico, para o processo de ensino e aprendizagem. Assim estaremos contribuindo para mudar valores, atitudes e, fundamentalmente, afirmar uma educação pautada em princípios como igualdade e respeito”, concluiu a assessora.