Cultura popular anima oito bairros no Circuito das Praças nesta sexta

Por - em 34

A cultura popular toma conta do Circuito Cultural das Praças desta sexta-feira (25), quando oito praças recebem grupos populares oriundos das zonas urbana rural da Capital, além de música e grupos de percussão que movimentam a cidade neste final de semana.

Esta temporada do projeto atende 20 espaços públicos, onde acontecem apresentações desde setembro e vão até fevereiro de 2012, num total de 24 semanas e 480 apresentações, selecionadas através de edital público, numa promoção da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por intermédio da sua Fundação Cultura (Funjope) e colaboração da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes).

Bairro dos Ipês – A Praça Coriolano Coutinho, do bairro dos Ipês, recebe a partir das 17h, o grupo Percussons, que surgiu em 2004 e é atualmente formado pelos percussionistas Wênia Xavier, Lue Maia, Lucas Freire, João Medeiros, Thiago Martins, Jefferson Rodrigues, Caio Nascimento e Lidja Nagly.

Segundo os integrantes, diferentemente dos demais grupos da Capital, este grupo de música instrumental dedica-se exclusivamente ao repertório camerístico para percussão com instrumentos pouco convencionais na mídia como a marimba, o vibrafone, o xilofone e os tímpanos. Inclui em seu repertório também músicas de compositores brasileiros como Osvaldo Lacerda, Ney Rosauro e Luiz Carlos Otávio e apresenta ritmos da cultura popular como o baião, o frevo, o maracatu, o caboclinho, a capoeira e o samba.

Varadouro – A artista popular Penha Cirandeira é a atração da Praça Antenor Navarro, localizada no Centro Histórico da Capital, a partir das 22h. A cirandeira desponta como uma das gratas surpresas da cena cultural paraibana. Atuando como mestra da cultura popular, sendo muito requisitadas em eventos da Capital e cidades interioranas do Estado da Paraíba, Penha já conta com um CD gravado, intitulado ‘Ciranda Raio de Sol’, com músicas autorais e domínios públicos, produzido pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em parceria com a Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e recentemente, participou do encontro Brincantes Brasileiros na Paraíba, realizado pela Funjope durante as comemorações dos 426 anos da Capital.

Maria da Penha, mais conhecida como Penha Cirandeira, é natural de Alagoa Grande (PB) e atualmente, é moradora de Várzea Nova, em Santa Rita. A artista começou a tocar coco e ciranda aos 10 anos, ouvindo o seu pai, José Francisco, que também era cirandeiro. O primeiro canto que aprendeu com o seu pai foi a ciranda ‘Poço da Curimã’.

Rangel – A Praça da Amizade, no Rangel, recebe, a partir das 18h, a Ciranda Nova de Odete de Pilar, da cidade de Pilar, no interior da Paraíba. Moradora do Sítio Lagoa do Gonçalo, é a força da voz penetrante e inconfundível de Odete que puxa a Ciranda Nova. Segundo ela, começou a brincar coco e ciranda aos dez anos de idade, acompanhando na zabumba seu pai, Zé de Brito, que tocava a caixa. Mãe de 22 filhos, Odete hoje trabalha em um pequeno roçado atrás de sua casa. Ela e o marido administram dois terrenos que arrendaram, onde é cultivado macaxeira e inhame. A Ciranda Nova é composta por amigos, moradores de Serventia do Meio, zona urbana de Pilar. O grupo também participou do ‘Brincantes Brasileiros na Paraíba’.

Bancários – A Praça da Paz, nos Bancários, será animada a partir das 19h, pelo show da cantora pernambucana, radicada na Paraíba, Polyana Resende, que em oito anos de carreira, acumula experiências cantando tanto em bares e boates como também em bandas bailes. Também fazendo shows por várias cidades da Bahia, Pernambuco e Paraíba. A artista já participou de concertos com a Orquestra Sinfônica da Paraíba e com a banda 5 de Agosto, no projeto Músicas do Mundo, como solista convidada.

Para este show, o público pode esperar um repertório com ritmos dançantes, a exemplo do samba, forró, frevo, maxixe, coco e maracatu. A cantora interpretará canções de sua autoria ‘Choro pra Jacob’ e ‘Lembrando de Antigamente”, esta parceria com Potyzinho e ainda, as composições ‘Coco de Fadas’ e ‘Forró Tem Que Ser Assim’, dos paraibanos Jonatas Falcão e Bebé de Natércio, respectivamente, além de releituras de nomes já consagrados como Gordurinha, Jackson do Pandeiro, Rosil Cavalcante, Sivuca e Luiz Bandeira. Para ela, “é uma grande satisfação participar do Circuito Cultural das Praças e poder dividir com o público pessoense essa arte secular que é a música”.

Mangabeira – A Praça do Coqueiral, em Mangabeira, com apresentação da Ciranda do Sol, do bairro dos Novais, liderada pelo mestre cirandeiro Manoel, mais conhecido por Mané Baixinho, discípulo de um dos saudosos brincantes da região, o cirandeiro João Grande, que lhe ensinou tudo sobre a arte da ciranda. Com o falecimento de João, Mané Baixinho formou seu próprio grupo e passou a chamá-lo de Ciranda do Sol. Isso aconteceu no ano de 1995.

Para Mané Baixinho, cantar ciranda é divino. “É um dom que Deus me deu. Eu canto, danço e ensino as crianças a cirandar. A ciranda é a minha vida”. As músicas da ciranda, em sua maioria, são de autoria de Mané Baixinho, com letras simples e românticas. O grupo também interpreta músicas de outros cirandeiros ou coquistas, como é o caso de Odete de Pilar.

Tambaú – A atração da Feirinha de Tambaú, a partir das 19h, é a banda Xote da Fulô. Dona de uma performance marcante, a banda é formada por estudantes universitárias que cantam o autêntico forró pé-de-serra. O repertório mescla composições próprias – retratando o Sertão com as suas belezas, histórias, poesias, lendas e seus problemas – e de autoria de grandes nomes da música nordestina, a exemplo de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Sivuca, Flávio José e Marinês.

Manaíra – A Praça do Skate, em Manaíra, será movimentada a partir das 19h, com a banda Anonimato, que surgiu em 2006 e é atualmente considerada uma das principais bandas de rock autoral da cena local. Formada em João Pessoa pelos músicos Emanuel Américo (vocal e guitarra), André Fêlgorrêia (guitarra), Danilo de Oliveira (baixo) e Carlos Vidal (bateria), a banda está lançamdo em vários espaços, o primeiro CD, intitulado ‘Mundo Obscuro’, embalando o público com composições como ‘No Quarto’, ‘Enigma’ e ‘Mundo Obscuro’.

Cidade Verde – O anfiteatro João Balula, da praça Encanto Verde, localizada no conjunto Cidade Verde, recebe a partir das 19h, o show ‘Cantos e Contos do Vale do Gramame’, que nasceu dos encontros culturais realizados pela Escola Viva Olho do Tempo, com as comunidades de Gramame, Mituaçu, Engenho Velho e Colinas do Sul. Os encontros culturais acontecem desde 2005 e nesse período, foram apresentadas mais de 50 músicas de autoria dos moradores daquela região. Para este show, foram selecionados quatro cantores que vão interpretar as canções resultantes deste rico processo de criação coletiva.

Convidados da Sedes – Na sexta-feira (25), a praça da Amizade, no Rangel, será contemplada também com um evento alusivo ao mês da Consciência Negra, que conta com um leque de atividades temáticas. Já a praça do Coqueiral, em Mangabeira, recebe o projeto musical CGC Artes, coordenado pelo professor Michel. A cantora de MPB Andrisley Kelly e um grupo de forró são as atrações da praça Encanto Verde, no conjunto Cidade Verde.

Serviço:

Confira a programação completa deste final de semana:

Sexta-feira (25)

-Bairro dos Ipês (praça Coriolano Coutinho) – 17h

Grupo Percussons

– Varadouro (praça Antenor Navarro) – 22h

Penha Cirandeira

– Rangel (praça da Amizade) – 18h

Ciranda Nova de Odete de Pilar

Atração da Sedes – Evento alusivo ao mês da Consciência Negra, que conta com um leque de atividades temáticas.

– Bancários (praça da Paz) – 19h

Show da cantora Polyana Resende

– Mangabeira (praça Coqueiral) – 19h

Ciranda do Sol

Atração da Sedes – Projeto musical ‘CGC Artes’, coordenado pelo professor Michel.

– Tambaú (Feirinha de Tambaú) – 19h

Banda Xote de Fulô

– Manaíra (praça do Skate) – 19h

Banda Anonimato

– Cidade Verde (praça Encanto Verde/ Anfiteatro João Balula) – 19h

Cantos e contos do Vale do Gramame

Atrações da Sedes – cantora Andrisley Kelly e grupo de forró.

Sábado (26)

– Castelo Branco (praça da Cultura) – 19h

Cícero Aboiador

– Manaíra (praça Alcides Carneiro) – 17h

Espetáculo Circo Imaginário com o palhaço Tel Pastel

– Bessa (praça do Caju) – 19h

Show Violão Brasileiro, com Vinícius de Lucena

– Padre Zé (praça da Conquista) – 19h

Reggae com Febuk

– Funcionários I (praça Lauro Wanderley) – 19h

Show Forró do Mundo, com Alex Madureira

– Jaguaribe (praça Aquiles Leal) – 19h

Grupo Tom do Samba

– Funcionários II (praça Bela) – 19h

Show Meu Cantar, com a banda Arautos Profanos

– Conjunto Residencial Gervásio Maia (praça da Esperança) – 19h.

Banda Amigos do Forró

Atração da Sedes – Forró do Chega

– Valentina (praça Soares Madruga) – 19h

Banda Forrofiando

Atração da Sedes – Evento em parceria com o Centro da Juventude sobre o Mês da Consciência Negra

– Alto do Mateus – 17h

Banda Autopista

Atração da Sedes – Jobson dos Teclados (MPB e outros estilos)

– Praça Soares Madruga (Valentina Figueiredo)