Curso de sensibilização para lideranças termina nesta segunda

Por - em 20

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP), através da Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres encerra na próxima segunda-feira (31) o “Curso de Sensibilização para Lideranças Comunitárias sobre Violência contra a Mulher e a Lei Maria da Penha”, que aconteceu nos bairros do Alto do Mateus, Mandacaru e Gervásio Maia.

A capacitação faz parte do Projeto de Reaparelhamento do Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra e tem parceria com a Secretaria Especial de Políticas Públicas para Mulheres da Presidência da República. O objetivo do curso é sensibilizar homens e mulheres nas temáticas de gênero, direitos humanos, Lei Maria da Penha e enfrentamento da violência doméstica e familiar.

Para Kátia Bond, que compõe a equipe responsável pelas oficinas, a formação foi construtiva e importante para capacitar os moradores no combate a toda forma de discriminação contra a mulher. “A proposta da formação foi construir uma ideologia participativa da comunidade, proporcionando momentos de discussão de temáticas relacionadas à violência contra a mulher, mas também realizando terapias de relaxamento e de reconhecimento do próprio corpo”, destacou Kátia.

Foram realizadas 24 oficinas, com carga horária de 72 horas, envolvendo dinâmicas em grupos, técnicas de relaxamento, trabalhos corporais e debates sobre as temáticas de gênero e de como identificar e encaminhar os casos de violência doméstica no bairro. Maria da Penha, liderança popular no bairro de Mandacaru, disse estar feliz pela iniciativa da Prefeitura em proporcionar essas formações às comunidades. “Gostaríamos de agradecer à Prefeitura por nos dar a oportunidade de se reunir e discutir sobre os direitos das mulheres. Espero que outros encontros como estes possam acontecer e se estendam para outros segmentos da sociedade”, comentou Maria da Penha.

“É muito bom ver a população capacitada a ajudar as mulheres vítimas de violência das comunidades. O curso fez surgir novos multiplicadores defensores de uma vida sem violência”, destacou a coordenadora de Políticas Públicas para Mulheres, Nézia Gomes. Ainda de acordo com a coordenadora, o Projeto também conta com cursos de capacitação para profissionais da Rede de Atendimento às Mulheres Vítimas de Violência e a equipe multiprofissional do Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra.

A proposta é que os grupos que se formaram nos três bairros possam dar continuidade com atividades de reciclagem dos temas e demais ações que eles possam realizar nas comunidades. A entrega dos certificados dos participantes acontecerá no dia 17 de setembro, dentro das programações de aniversário do Centro de Referência da mulher Ednalva Bezerra.