Curso para mulheres multiplicadoras inicia ações do Novembro Negro

Por - em 35

A Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para as Mulheres iniciou na tarde desta segunda-feira (7) o curso “Mulheres de Terreiros multiplicadoras em Saúde, Direitos Sexuais e Reprodutivos”. A ação faz parte da programação do Novembro Negro, realizado anualmente pela Prefeitura de João Pessoa, alusivo a 20 de novembro – Dia da Consciência Negra no Brasil.

O curso está sendo realizado na Escola Piollin, no Roger, e conta com a participação de cerca de 20 mulheres de comunidades tradicionais de terreiros. “Nosso principal objetivo é fortalecer as mulheres de terreiros e torná-las multiplicadoras em suas comunidades com foco na saúde e também pela eliminação da discriminação vivida por muitas delas”, disse a Secretária de Políticas para as Mulheres, Nézia Gomes.

A programação do curso abordará temas como gênero, raça/etnia, saúde, climatério, câncer de mama e de colo, assistência humanizada ao parto e puerpério e mortalidade materna, que serão discutidos durante dez módulos. “Aprender e fazer com que as mulheres de terreiros conheçam melhor as temáticas que serão trabalhadas no curso e possam propagar-las em seus barracões é o que todas nós desejamos deste curso”, disse Mãe Mocinha, do bairro Marcos Moura.

O encerramento desta atividade está previsto para o dia 30 de novembro, quando será realizado o III Seminário de Mulheres de Terreiro, com a participação da conferencista Nilza Menezes, doutoranda em Ciências das Religiões pela Universidade Metodista de São Paulo.

Novembro Negro – Durante todo o mês de novembro, a Prefeitura de João Pessoa realiza várias ações alusivas ao Dia da Consciência Negra. Este ano a programação envolve oficinas de identidade negra e cultura afro brasileira, cursos, seminários, atrações culturais, caminhadas educativas e de conscientização, além de estações de serviços.

As ações deste mês estão sendo coordenadas pelas Secretarias de Desenvolvimento Social (Sedes), Políticas Públicas para as Mulheres (SPPM), Administração (Sead), Saúde (SMS), Educação (Sedec), Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e Procon Municipal.

O Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro no Brasil, é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira.  A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. O dia é celebrado desde a década de 1960, embora só tenha ampliado seus eventos nos últimos anos.