Curso técnico de ginástica rítmica começa nesta 5ª feira

Por - em 34

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) promove, entre os dias 4 e 7 de junho, o 1º Curso Técnico-Pedagógico de Ginástica Rítmica Escolar, ministrado pela professora Daisy Barros. A abertura do curso acontece nesta quinta-feira (4), a partir das 9h, na Estação Cabo Branco Ciência, Cultura e Arte.

A ação é uma iniciativa da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec) e envolverá cerca de 60 professores de educação física da rede municipal de ensino. O objetivo do curso é apresentar procedimentos pedagógicos aos professores e monitores para que seja desenvolvida a aprendizagem da Ginástica Rítmica em crianças de 5 a 12 anos, ampliando, desta forma, as atividades do projeto Ginástica Rítmica na Escola.

A programação do 1º Curso de Ginástica Rítmica Escolar será dividida em duas etapas: teórica e prática. Nesta quinta-feira (04), as atividades acontecem na Estação Cabo Branco, já no dias 5, 6 e 7 o curso será realizado no ginásio do Centro Administrativo Municipal (CAM), localizado na avenida Diógenes Chianca, em Água Fria.

No primeiro momento, que acontece na Estação Cabo Branco, os professores serão introduzidos nas teorias da ginástica rítmica, buscando entender a importância da modalidade e as melhorias que podem ser encontradas por meio da sua prática. Na sequência, nos dias 5, 6 e 7, serão iniciadas as atividades práticas, no ginásio do Centro Administrativo Municipal, nas quais serão mostradas como diversos instrumentos que já são utilizados durante as aulas de educação física, a exemplo da bola, do arco e da corda, podem ser direcionados para a ginástica rítmica.

De acordo com Goretti Vieira, coordenadora do projeto Ginástica Rítmica na Escola e responsável pela ação, por meio deste curso será possível dar subsídio aos professores de educação física para que seja ampliada a utilização da modalidade de ginástica rítmica nas escolas municipais. “Atualmente, o projeto Ginástica Rítmica na Escola é realizado em 40 escolas da rede municipal de ensino, atingindo cerca de 40 alunos. Por meio da realização deste curso, pretendemos que o projeto passe a ser desenvolvido nas 92 unidades de ensino, buscando atender o maior número de alunos possível”, comentou Goretti Vieira.