Defesa Civil atende chamadas de famílias durante fim de semana

Por - em 49

As ações de prevenção implantadas pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) estão evitando os prejuízos nas comunidades da Capital em decorrência das chuvas. De acordo com o coordenador da Defesa Civil do Município, Rodrigo Marques, foram registradas seis ocorrências durante este último fim de semana, com a remoção de duas famílias no Bairro 13 de maio.

“A Prefeitura elaborou um plano emergencial há um mês, envolvendo diversas secretarias e este trabalho de prevenção está acarretando na redução de problemas causados pelas chuvas”, assinala Rodrigo Marques. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), está previsto para esta terça-feira (3) tempo nublado e com chuvas esparsas.

 

No último sábado, duas famílias foram retiradas de suas casas na Rua Maurício de Oliveira, no Jardim 13 de Maio, e levadas para a Escola Maria Quitéria, também no bairro. O coordenador da Defesa Civil afirma que as casas das famílias são de taipa e ameaçavam cair, então segunda-feira (2) a Secretaria de Desenvolvimento Urbano vai fazer a demolição e as famílias vão receber auxílio-moradia, para alugarem um imóvel.

Outras duas famílias ligaram para Defesa Civil, no domingo (1), sendo que uma delas se recusou a deixar a residência na Comunidade Saturnino de Brito, enquanto a outra, no bairro Funcionários II, foi para a casa de vizinhos. “Hoje à tarde veremos a situação destas pessoas. A Secretaria de Desenvolvimento Social vai convencer a família que está na casa em risco a sair de lá, e a outra será encaminhada imediatamente para a inscrição no auxílio-moradia”, explica Rodrigo Marques.

Segundo ele, as demais ocorrências foram rachaduras em duas casas, mas que não apresentaram riscos. No último dia 19 de abril, o prefeito Luciano Agra decretou estado de emergência em 12 comunidades da Capital, para poder adotar medidas de urgência de atenção a essas localidades usando da prerrogativa legal de dispensa dos processos de licitação, proporcionando maior agilidade nas ações e, se necessário, também recorrer ao governo federal em busca de recursos.