Defesa Civil está em alerta para atender possíveis chamados da população

Por Felipe Silveira - em 295

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de João Pessoa (Compdec/JP) está em alerta desde a madrugada desta sexta-feira (19), trabalhando para reparar os possíveis danos que possam acontecer devido às chuvas freqüentes na Capital. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão é de tempo nublado até o próximo domingo (21).

A população que precisar entrar em contato com a Defesa Civil, pode ligar para o número 0800-285-9020, que funciona 24 horas por dia. Segundo o coordenador da Defesa Civil Municipal, Noé Estrela, uma grande formação de nuvens carregadas se posiciona sobre João Pessoa, mas até às 11h desta sexta-feira (19), nenhuma ocorrência foi registrada. “Todas as secretarias da Prefeitura de João Pessoa estão de plantão. Estamos trabalhando incansavelmente para impedir, inclusive, que a população tenha transtornos, como desabamentos e pontos de alagamento”, ressaltou Noé Estrela.

Ainda de acordo com o coordenador, a Defesa Civil permanece em observação constante sobre possíveis avisos de atenção emitidos pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden). Em 24 horas, o bairro com maior precipitação foi o Cuiá, com 24.8 milímetros cúbicos.

Ação – As ações da Defesa Civil são parte do programa ‘João Pessoa em Ação – Gestão de Riscos e Administração de Desastres’, da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). Na pauta do programa há 11 atividades, que integram diversas secretarias da PMJP. Desde o início da gestão, a Capital reduziu de 35 para 26 as áreas consideradas de risco.

O objetivo é promover intervenções que minimizem o impacto de desastres naturais naquelas comunidades. Há cinco anos o programa promove, de acordo com um calendário pré-estabelecido com as secretarias participantes, ações como desassoreamento de rios, capinação, roçagem, remoção de entulhos, demolição de residências, poda de árvores, limpeza de canaletas, loneamento de barreiras, desobstrução de galerias pluviais, recuperação de bocas de lobo, além de assistência social, entre outras.

Parceiros – As secretarias de Infraestrutura (Seinfra), Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Desenvolvimento Social (Sedes), Meio Ambiente (Semam), Habitação Social (Semhab), além da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) e Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP), com a realização de revisão e substituição de placas de sinalização vertical; levantamento in loco para a elaboração de projetos de melhoria de fluxo; e ações educativas com a equipe de Educação no Trânsito.