Defesa Civil faz plano para atender áreas de risco na estação das chuvas

Por - em 23

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil realizou na manhã desta segunda-feira (10) a primeira reunião para a elaboração do ‘Plano de Contingência 2008’, que tem o objetivo de definir ações preventivas para as áreas de risco de João Pessoa, preparando essas comunidades para o período chuvoso. Este é o quarto ano consecutivo que o Plano vem sendo executado pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP) através de suas secretarias, contando com o apoio de órgãos estaduais e federais.

De acordo com Manoel Duré, coordenador da Defesa Civil, em 2007 o plano teve um efeito muito positivo. “Com as ações realizadas conseguimos minimizar os problemas causados pelas chuvas, como desmoronamentos e alagamentos, pois as áreas receberam ações preventivas com antecedência”. Duré informou que havia na cidade 34 áreas de risco, mas com a criação do Condomínio Residencial Gervásio Maia, muitas comunidades foram extintas com as famílias instaladas naquele núcleo habitacional.

No plano estão estabelecidas ações de desobstrução de galerias e esgotos, limpeza de topo e sopé de barreiras e de rios, recolhimento de lixos e entulhos e ainda ações educativas, com a distribuição de panfletos através de agentes ambientais, orientando a população a acondicionar o lixo em sacos plásticos. Além desse trabalho preventivo, este ano as barreiras vão ser cobertas com lona para evitar deslizamentos.

O coordenador disse ainda que o ‘Plano de Contingência’ não se resume a preparação de áreas para o período chuvoso. “São realizadas ações o ano inteiro, como vistorias nos prédios do Centro Histórico, verificações de marquises, além de atender a comunidade em casos de desastres naturais e provocados pelo homem”. Para isso, o órgão mantém atendimento 24 horas através do telefone 0800 285 9020.

Calendário – Na próxima quinta-feira (13), a partir das 9h, a comunidade Saturnino de Brito, no bairro do Varadouro, recebe a visita de técnicos da Defesa Civil e das secretarias de Infra-Estrutura (Seinfra), Saúde (SMS), Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) e Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea), que irão confirmar as intervenções necessárias à localidade.

Efetivamente, os trabalhos na Saturnino de Brito terão início na segunda-feira (17). Nesta primeira fase do Plano serão atendidos os seguintes locais: Boa Esperança (Padre Zé), João Agripino (São José); Santa Clara (Castelo Branco); Timbó (Bancários); Santa Bárbara (Valentina Figueiredo); Maria de Nazaré (Funcionários II); Beira da Linha (Alto do Mateus) e Grotão.

As ações do ‘Plano de Contingência 2008’ envolverão as secretarias de Infra-Estrutura (Seinfra), Planejamento (Seplan), Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Meio Ambiente (Semam), Desenvolvimento Social (Sedes), Saúde (SMS), além da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), Superintendência de Transporte e Trânsito (Sttrans), Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros, Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea) Sociedade Anômina de Eletrificação da Paraíba (Saelpa), Instituto do Patrimônio Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep), e ainda o Núcleo de Estudos e Ações em Urgência e Desastres (Neud), órgão vinculado à Universidade Federal da Paraíba (UFPB).