Defesa Civil monitora áreas de risco para evitar acidentes no período de chuva

Por - em 60

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de João Pessoa (Comdec) está monitorando as áreas de risco da Capital para evitar transtornos em decorrência das chuvas dos últimos dias. De acordo com o coordenador do órgão, Noé Estrela, as equipes estão visitando as comunidades para implementar ações como limpeza de lixo acumulado nas galerias e do excesso de vegetação dos canais, além da retirada de famílias das casas em situação de risco.

Para qualquer emergência, o telefone da Defesa Civil está disponível 24 horas todos os dias da semana. A população pode acioná-la através do número 0800- 285- 9020. A chamada é gratuita.

“A limpeza é realizada com finalidade de facilitar o escoamento das águas e reduzir as condições de risco das famílias que moram às margens dos rios. Com este trabalho estamos tentando minimizar os efeitos negativos causados pelas chuvas. Por isso estamos avaliando os riscos de deslizamentos e a necessidade de retirada das famílias”, explicou Noé Estrela. A Defesa Civil registrou ontem 24 ocorrências em João Pessoa.

Nesta quinta-feira (7) foram visitadas as comunidades São José, Tito Silva no bairro do Miramar, Santa Bárbara e Cuiá no Valentina Figueiredo, São Rafael e Santa Clara no Castelo Branco, além de pontos no Cristo, Cruz das Armas, Beira Rio e Parque Sólon de Lucena.

Na comunidade Tito Silva, a doméstica Charlene do Nascimento disse que a limpeza realizada no local foi positiva para os moradores. “Ajudou muito a gente porque a água da chuva alagou várias casas da comunidade”. Assim como ela, a dona de casa Marilene Cosme também se sentiu mais segura com as ações realizadas ontem. “Agora estou mais tranqüila porque a água chegou a invadir minha casa”, afirmou.

“Vamos continuar monitorando tanto as áreas de risco quanto as situações pontuais que ocorrerem na cidade”, afirmou Alberto Sabino, assessor técnico do órgão. Ao todo são 31 áreas de risco na Capital, sendo 30 com risco de desmoronamento, 25 de deslizamento e 21 de alagamento.

Ação que deu certo – Para resolver um antigo problema de constantes alagamentos na comunidade Riachinho, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) realizou no ano passado serviços de drenagem, desassoreamento do Riacho do Peixe (Riachinho) e desobstrução das galerias pluviais que dão acesso à avenida desembargador Boto de Menezes. No local, foram colocados tubos de concreto de 1.500 mm, aumentando a capacidade de vazão das águas.

Atualmente, os problemas causados pelas chuvas diminuíram para as famílias que moram no local. Nesses últimos dias de chuva, não houve registro de alagamentos na comunidade. “Agora as casas não ficam mais alagadas como antigamente”, disse a costureira Kátia Rejane da Silva, que mora no local há cinco anos.

Previsão – O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê para este final de semana tempo nublado e continuidade das chuvas. No sábado (9) e domingo (10) a temperatura deve variar de 23° a 29°, enquanto na segunda-feira (11) a temperatura deve ficar entre 23° e 26°, porém sem previsão de chuva.