Defesa Civil vistoria barreira do Cabo Branco e local será interditado por segurança

Por - em 99

A Coordenadoria Municipal da Defesa Civil (Comdec) vistoriou na manhã desta quinta-feira (21), a barreira do Cabo Branco (entre a Ponta do Seixas e a Praça de Iemanjá). O local está sendo preparado para uma interdição que deve acontecer ainda nesta tarde. A medida é para prevenção de deslizamentos e acidentes no local.  As chuvas em João Pessoa diminuíram em relação ao início da semana, mas  o Comdec permanece monitorando as áreas prejudicadas na cidade.

O coordenador da Defesa Civil, Noé Estrela, alertou que a população deve evitar trafegar no pé da barreira, por conta de risco de deslizamento. Além da barreira do Cabo Branco, as equipes devem visitar ainda nesta quinta, comunidades no Bairro dos Novais, São José, Tito Silva (no Miramar), entre outras.

“Apesar de já terem passado as chuvas mais fortes, continuamos acompanhando as comunidades e informando às pessoas sobre os cuidados necessários, verificando se ainda há algum risco e visitando os abrigos”, explicou.

O coordenador do órgão informou, ainda, que as ações emergenciais já foram controladas. “Nas últimas visitas que foram feitas, tivemos apenas alguns casos de rachaduras nas casas, mas não oferece risco para as pessoas”, explicou.

Em caso de emergência, a população pode acionar a Defesa Civil através do número 0800-285-9020, disponível 24 horas todos os dias da semana. A chamada é gratuita. Além da Defesa Civil, estão participando das operações a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob).

Famílias – De acordo com Noé Estrela, desde a última terça-feira (19), 34 famílias das comunidades São José, Timbó e Saturnino de Brito foram removidas de suas moradias para abrigos provisórios nas escolas municipais Nazinha Barbosa (Manaíra), Alice Carneiro (Manaíra), Damásio Franca (Saturnino de Brito), igreja Menino Jesus de Praga (Bancários) e Centro de Referência da Cidadania (Bancários). Porém, com a diminuição das chuvas, algumas delas já retornaram às suas casas.

Previsão – Segundo Carmen Becker, meteorologista da Aesa, a previsão é de possibilidade de chuvas apenas no final do dia, mas a partir de amanhã as chuvas podem continuar de forma moderada no litoral. “A princípio, não há previsão de chuvas fortes, mas devemos ficar sempre em alerta”, observou.