Delegados e conselheiros do OD debatem as ações para 2010

Por - em 22

“O Orçamento Democrático existe para que possamos compreender melhor a cidade. É o aprendizado e prática mútua da democracia participativa”. A declaração foi do prefeito Ricardo Coutinho durante a abertura do ciclo do Orçamento Democrático de 2009, que aconteceu durante todo o sábado (05) no auditório da reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

O evento reuniu delegados, conselheiros regionais e representantes da gestão municipal para avaliar todas as etapas do ciclo orçamentário deste ano. Os participantes também planejaram as ações que serão implementadas em 2010. Os representantes populares das 14 regiões se dividiram em sete grupos e discutiram entre si diversos temas, como ciclo do OD, organização de delegados com os articuladores regionais, fiscalização de obras e serviços, entre outros. Ao final, cada grupo fez um relatório, que foi apresentado ao prefeito e aos secretários municipais.

Para a presidente do Conselho do Orçamento Democrático, Marlene Souza, o evento de sábado foi importante para a consolidação e o fortalecimento da democracia participativa em João Pessoa. “Precisamos avaliar sempre as atividades do Orçamento Democrático e os delegados e conselheiros precisam caminhar juntos para que a participação popular cresça cada vez mais e o nosso trabalho seja efetivo”, afirmou.

Marlene Souza disse ainda que a metodologia do ciclo é muito bem elaborada e citou a importância das visitas realizadas pelo Conselho do Orçamento, de outubro a dezembro, às obras que o Governo Municipal tem realizado na cidade. De acordo com a coordenadora, Ana Paula Almeida, tudo o que foi apresentado pelos delegados e conselheiros fará parte do planejamento da Coordenadoria do Orçamento Democrático para o ciclo de 2010.

Estiveram presentes a atividade os secretários de Juventude e Esportes (Sejer), Alexandre Urquiza, e do Meio Ambiente (Semam), Simão Almeida; o diretor adjunto da Funjope, Milton Dornelas; o superintendente da Emlur, Coriolano Coutinho; a ouvidora municipal, Tânia Brito e a vereadora, Sandra Marrocos.