Deputado quer programa inspirado no Empreender-JP para o Espírito Santo

Por - em 31

O deputado estadual de Espírito Santo, Marcelo Coelho (PSDB), pretende apresentar um projeto de lei solicitando a implantação de um programa semelhante ao Programa Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios (Empreender-JP) no seu Estado de origem. Ele estará em João Pessoa no próximo dia 12 de dezembro, com a missão de analisar o programa de microcrédito do Governo Municipal.

“Quero conhecer o projeto in-loco, colher entrevistas com alguns beneficiados e conhecer toda estrutura organizacional e financeira do programa, com o objetivo de propor ao governo do nosso Estado, através de projeto de lei ou indicação, a implantação de iniciativa semelhante no Espírito Santo”, explicou o parlamentar.

Ele vem a João Pessoa acompanhado de assessores e será recebido pelo secretário de Desenvolvimento Sustentável da Produção de João Pessoa (Sedesp), Raimundo Nunes, para quem a visita é uma prova da repercussão nacional do êxito do Empreender-JP, escolhido no ano passado como o melhor programa de crédito orientado do País. “Estamos no caminho certo e a visita desse deputado é a prova disso”, avalia o secretário.

No exterior – O Empreender-JP foi escolhido no ano passado como o melhor programa de crédito orientado do Brasil. O sucesso do programa está despertando também o interesse de organismos internacionais, como é o caso, por exemplo, da Fundação Fiorello H. LaGuardia de Nova Iorque (EUA), que assinou um convênio de cooperação técnica com a Prefeitura de João Pessoa. Em uma primeira etapa o investimento no programa será de R$ 1 milhão.

O presidente da Fundação Fiorello H. LaGuardia, Patrick D’ Addario, disse que o Empreender-JP é um dos melhores programas do mundo. “Estou no ramo de sustentabilidade há mais de 20 anos e não conheço nenhum programa municipal que chegue ao que existe em João Pessoa. Vocês estão de parabéns por ter concretizado esse programa”, frisou.

No Brasil – Além de Osasco, Recife e Olinda (PE), Coari, Maués e Manaus (AM) já visitaram João Pessoa para conhecer o modelo do programa de microcrédito que despertou elogios de membros da Organização das Nações Unidas (ONU). “O nosso diferencial, o que chama a atenção é que Empreender-JP não é apenas um programa de microcrédito, é também um programa de inclusão social”, acrescenta Nunes.

O Empreender-JP, criado em 2005, já liberou 3.569 cheques movimentando o mercado local com a injeção de R$ 7.480.059,98. Estão incluídos nestes valores os empréstimos direcionados ao “Cinturão Verde”. Osasco, Recife e Olinda (PE), Coari, Maués e Manaus (AM) já visitaram João Pessoa para conhecer o modelo do programa de microcrédito que despertou elogios de membros da Organização das Nações Unidas (ONU).

A iniciativa, que prevê a concessão de crédito de até dez salários mínimos, com juros de 0,9% ao mês, à população de baixa renda e microempreendedores, foi indicado pela ONU como um dos principais produtos a ser apresentado na ‘Feira de Conhecimento de Experiência de Desenvolvimento Humano’, que vai acontecer no final de fevereiro de 2008 na Capital paraibana.