Desfile do ‘Muriçocas’ este ano vai criar picadeiro ao ar livre

Por - em 26

O Bairro do Miramar até a Praia de Tambaú vão se transformar num imenso picadeiro no dia 18 de fevereiro com mais um desfile do bloco pré-carnavalesco Muriçocas do Miramar, que vai homenagear este ano uma das mais antigas artes de espetáculos do mundo, o circo.

Além dos 10 trios elétricos sem cordão de isolamento, quem passar por lá a partir das 17h vai ver de perto performances circenses ao ar livre, e também sob uma lona de circo espetáculos de acrobacias, apresentações de palhaços, malabaristas, monociclo, equilibrista, mágicos, trapezistas e tudo mais que envolve o universo circense.

Como a música sempre fez parte da tradição circense, para o 23º desfile do Muriçocas do Miramar o coordenador geral do bloco, Marcone Serpa, disse que pensou “unir os ritmos e a tradição do carnaval com um novo movimento circense que surgiu no Brasil, que adiciona às técnicas de circo tradicionais a influência de outras linguagens artísticas, que neste caso estamos experimentando misturar com o rito carnavalesco. Afinal tanto o circo como o carnaval são culturas milenares”.

Outro motivo que estimulou os diretores do Muriçocas a homenagearem o circo é que essa arte já se encontra presente nos semáforos que cruzam a Avenida Epitácio Pessoa, principal corredor por onde passa o bloco. “Essa cultura de levar arte para as ruas é muito comum na Europa e aos poucos vem se disseminado na Paraíba. O bairro de Miramar ganhou recentemente uma ONG que tem como meta trabalhar com a arte circense. Então, estamos seguindo o fluxo, tentando fortalecer um movimento natural que vem surgindo naquela área”, finalizou Serpa.

O bloco ‘Muriçocas do Miramar’ tem o patrocínio da Eletrobrás e Chesf por intermédio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Roaunet), do Ministério da Cultura, e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP).