Dia da Animação na Capital terá palestras e exibição de filmes

Por - em 23

O Dia Internacional da Animação será celebrado nesta quinta-feira (28) e, para comemorar a data, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por intermédio da sua Fundação Cultural (Funjope) apresenta dois projetos que mesclam uma ampla programação com palestras e mostras nacionais e internacionais de filmes. A atividade conta com a parceria da Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA) e Associação Brasileira de Documentaristas da Paraíba (ABD-PB).

‘Que Tal Quinta?’ – Este é o nome de um projeto literário, realizado pela Divisão de Literatura, Biblioteca e Editoração da Funjope, que recebe nesta quinta-feira (28), a partir das 17h, no Casarão 34, a mesa redonda ‘Animação e Jogos Eletrônicos’, com os debatedores convidados, o animador e artista plástico Alberto Lucena Júnior.

Alberto ér graduado em arte e ciência, mestrado e doutorado em multimídia, dedicado atualmente a pesquisa e ao ensino das artes visuais, sendo autor dos livros ‘Surrealismo na Arquitetura’ (1995) e ‘Arte da Animação: Técnica e Estética através da História’ (2002), o animador e design de interface, Alisson Ricardo e o game design Rodrigo Brandão.

Tintin Cineclube – A partir das 19h30, na Usina Cultural Energisa, acontece a Mostra nacional e internacional do Dia Internacional da Animação.

Confira a programação das mostras:

Serviço – A Usina Cultural Energisa, está localizada na Rua Juarez Távora, nº 243, no bairro da Torre.

Filmes nacionais – A Mostra nacional, para um público acima de 12 anos, consta dos filmes:

‘Tromba Trem – O estrangeiro’, de Zé Brandão (RJ)

‘O Acaso e a Borboleta’, de Tiago Américo e Fernanda Correa (PR)

‘Doce Ballet’, de Lina Fridman e Maira Fridman (SP)

‘Quando as cores somem’, de Luciano Lagares (SP)

‘Bonequinha do Papai’, de Luciana Eguti e Paulo (SP)

Filmes estrangeiros – Já a mostra internacional, para maiores de 14 anos, exibe os filmes:

‘Voa Voa num Prédio de Lisboa’, de Joana Toste (Portugal)

‘Pássaros’, de Filipe Abranches (Portugal)

‘Diário de uma Inspectora do Livro de Recordes’, de Tiago Albuquerque (Portugal)

‘Kensho’, de Daniel Kang (EUA)

‘Zsa Zsa Zsu’, de Tromarama (Indonésia)

‘The Tale of How’, de The Blackheart Gang (África do Sul)

‘Grandma Lo’A Lo’A’ (Hajja Lolo), de Hussain Nemr (Egito)

‘HM HM’, de Mohamed Ghazala (Egito)

‘Hide & Seek’, de Sherif Abbas (Egito)

‘Ooga Booga Samba Mamba’, de Vaibhav Kumaresh (Índia)