Diego e Daniele Hypolito visitam jovens do São José e escola municipal

Por - em 20

Os ginastas Diego e Daniele Hypolito, embaixadores das Olimpíadas Escolares do Brasil, terão um bate-papo com os jovens do bairro de São José, beneficiados pelo programa ‘Sou do Bairro’. O encontro será nesta sexta (9), às 9h da manhã, Logo em seguida, às 10h30, os irmãos farão uma visita à Escola Municipal José Américo de Almeida, no Cristo. A programação continua à tarde, às 17h, com uma sessão de autógrafos no Manaíra Shopping, no térreo.

Também nesta sexta, o velocista Vicente Lenilson, medalha de ouro no revezamento 4 X 100, no Pan do Rio de Janeiro, fará uma visita ao Ginásio do Unipê, a partir das 9h da manhã. Às 15h, a judoca Ednanci Silva, visita o ginásio do Liceu Paraibano, onde acompanha as partidas do dia.

No sábado (10), Ednanci Silva e Vicente Lenilson participam de uma manhã de autógrafos, na Praça da Paz, nos Bancários, durante a realização do ‘Sport for All’, uma série de atividades esportivas e de saúde, como recreação, verificação da pressão arterial, testes de glicemia e índice de massa corpórea. Tudo isso será gratuito para a população. Às 17h, no Manaíra Shopping, Ednanci e Lenilson participam de uma tarde de autógrafos.

O nadador Kaio Márcio, ouro nos cem metros borboleta no Pan do Rio de Janeiro, visita a Vila Olímpica do Cief, no domingo (11). Às 17h, é a vez dele conceder autógrafos no Manaíra Shopping.

Confira a programação completa:
08/11 ( Quinta-feira)
19:00- Cerimônia de abertura das Olimpíadas (Colégio Pio X)

09/11 (Sexta-feira)
Manhã – 9h
Vicente Lenilson visita a pista de atletismo do Campus Unipê
Ednanci Silva visita o Projeto Sou do Bairro ( Bairro das Indústrias)
Daniele e Diego Hypolito visitam Projeto Sou do Bairro ( Bairro São José)

10:30- Ednanci visita a Escola Municipal Anaide Beiriz (Cidade Verde- Bairro das Indústrias)
Daniele e Diego Hypolito visitam Escola Municipal José Américo de Almeida.

Tarde – 15h
Ednanci visita o ginásio do Lyceu Paraibano
Vicente Lenilson visita a E. M. Moema Tinoco
Daniele e Diego Hypolito visitam o auditório do espaço cultural do Unipê

17:00- Daniele e Diego Hypolito participam de tarde de autógrafos no Shopping Manaíra
19:30- Premiação de judô e atletismo (tenda instalada em frente ao Busto de Tamandaré)

10/11 ( Sábado)
Manhã
9h -Vicente Lenilson e Ednanci Silva participam de manhã de autógrafo durante o Sport for All (Praça da Paz- Bancários)
09:30- Kaio Márcio visita a Vila Olímpica Cief ( Bairro dos Estados)
11:00- Vicente Lenilson visita o local de competição no Campus do Unipê.

Tarde
15:00- Ednanci visita o local de competição no Liceu Paraibano
17:00- Vicente Lenilson e Ednanci Silva participam de manhã de autógrafo (Manaíra Shopping)
19:30- Ednanci, Vicente e Kaio Márcio participam de festa de confraternização e premiação ( judô, natação e tênis de mesa), na Associação da Caixa no Bairro do Cabo Branco.

11/11 (Domingo)
Manhã
09:00 – Vicente Lenilson visita local de competição no Campus do Unipê
09:30- Kaio Márcio visita a Vila Olímpica Cief ( Bairro dos Estados)
10:00- Ednanci Silva visita o local de competição no Liceu Paraibano
Tarde
17:00- Kaio Márcio participa de tarde de autógrafo ( Shopping Manaíra)
19:30- Ednanci, Vicente e Kaio Márcio participam de festa de premiação ( judô, atletismo, natação e tênis de mesa), na tenda em frente ao Busto de Tamandaré.

Breve biografia dos embaixadores:
Vicente Lenílson– o pequeno gigante de 1,66 m é o atual campeão brasileiro da prova mais veloz do atletismo: os 100 m rasos. O ex-mecânico – trabalhava com motocicletas – de Currais Novos, no Rio Grande do Norte, começou a correr por acaso: depois de perder o emprego, foi tentar a vida no futebol, mas gostou mais da pista de atletismo. Na escola, durante as aulas de educação física, passou a se interessar pelo atletismo e a fazer testes de velocidade. Dois meses depois já era o melhor velocista do Rio Grande do Norte nos Jogos Escolares. De Currais Novos, Lenílson foi para o Rio de Janeiro. Atualmente, mora em Presidente Prudente, onde treina com a equipe do revezamento 4 x 100 m, sob a batuta do técnico Jayme Netto. Em 10 anos de carreira, é considerado um dos mais experientes da categoria e acumula, entre outras medalhas, a de prata, conquistada nos Jogos Olímpicos de Sydney-2000, ouro nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo-2003 e prata no Campeonato Mundial de Paris, em 2003. O título que credenciou Vicente Lenílson para as Olimpíadas de Atenas foi o Troféu Brasil, em 2004: a vitória garantiu ao gigante uma vaga na equipe do revezamento.

Daniele Hypolito– O contato com a ginástica foi no SESI de Santo André, em São Paulo. Foi contratada pelo Flamengo em 1994. Em 1996, foi a primeira no Campeonato Nacional nas categorias individual e geral. No ano seguinte, conseguiu três expressivos resultados: ganhou o Campeonato Brasileiro no individual e no geral. Foi primeira por equipes no Pan-americano de ginástica, nas barras e no solo, e oitava no Trophee Massila, no individual e geral. Nas Olimpíadas de Sydney, chegou a todas as finais, tendo alcançado a 21ª colocação no individual geral, 17ª nas barras assimétricas e no solo e 16ª na trave de equilíbrio. No campeonato mundial de 2001, Gante (Bélgica), Daniele Hypolito conquistou a primeira medalha da ginástica olímpica brasileira em mundiais, com a prata nos exercícios de solo. Nas Olimpíadas de 2004, Daniele conquistou o 12º lugar na final do individual geral de ginástica, a melhor posição da história do Brasil. No Campeonato Mundial de 2005, Hypolito ficou em décimo segundo lugar, e no mesmo ano venceu seu nono campeonato nacional. Em 2006 Daniele conseguiu medalha de prata na do Campeonato Mundial, na final realizada no Brasil. Em 2007, Daniele conseguiu duas medalhas, sendo uma de prata e uma de bronze nos Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro.

Diego Hypolito– É campeão mundial e membro ativo da Seleção Brasileira de Ginastas. É irmão da também ginasta Daniele Hypolito. Com apenas dezenove anos, Hypolito já tinha competido em três Campeonatos Mundiais de Ginástica, em 2002, 2003 e 2005. Especialista em exercícios de solo, foi classificado para a finais em todas as três competições, sendo quinto colocado em 2002, quarto em 2003 e conseguindo a medalha de Ouro em 2005. Com essa vitória, Diego se tornou o primeiro ginasta homem Sul-Americano a conseguir medalhas em Mundiais. Nos Jogos Pan-Americanos de 2007, Diego ganhou três medalhas: uma de prata (por equipes) e duas de ouro, por melhor desempenho no solo e no salto masculino de ginástica artística. Ele entrou para a história do esporte ao ser o primeiro brasileiro a receber uma medalha de ouro da categoria.

Ednanci Silva- Começou no judô aos 15 anos por recomendação médica. Mais tarde, descoberta no cenário esportivo brasileiro, foi morar em São Paulo, onde ainda vive. Foi a primeira brasileira e disputar três edições dos jogos olímpicos (Atlanta 1996, Sydney 2000 e Atenas 2004). Em 2003, conseguiu medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos de Santo Domingo, na República Dominicana. Em 2007 sagrou-se campeã na categoria meio-pesado no mundial de Judô em Hamburgo (Alemanha). No mesmo ano, Edinanci venceu o ouro nos Jogos Pan-americanos de 2007.

Kaio Márcio– É medalha de ouro nos 100m borboleta nos Jogos Pan-americanos de 2007, no Rio de Janeiro e de prata nos 200m borboleta e 4x100m medley e bronze nos 100m borboleta nos Jogos Pan-americanos de 2003, em Santo Domingo. Também é campeão mundial de piscina curta nos 100m borboleta (2006).