Disputa de basquete encerra I Festival Paradesportivo da PMJP

Por - em 31

O encerramento do I Festival Paradesportivo Municipal 2011, com a entrega das premiações aos atletas, foi realizado no ginásio poliesportivo do Centro Administrativo Municipal (CAM), no bairro de Água Fria, às 16h desta quarta-feira (7). A solenidade reuniu todos os 300 atletas, que disputaram competições de dança, bocha, futebol de 5, atletismo, basquete e futsal. Todos os participantes receberam medalhas como forma de incentivo a prática esportiva.

O I Festival Paradesportivo foi promovido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer), em parceria com a Escola Estadual Especial (Edesp); Associação de Pais e Amigos das Crianças Especiais (Apace); Associação Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de João Pessoa e Santa Rita; Fundação Centro Integrado de Apoio à Pessoa com Deficiência (Funad); Centro de Atividades Especiais Helena Holanda (CAEHH) e Instituições Pestalozzi.

O Secretário de Juventude, Esporte e Recreação, João Corujinha, disse que o resultado do I Festival Paradesportivo foi bastante positivo. “Estou feliz pela realização deste primeiro Festival, quero agradecer a todas as instituições que participaram e estiveram presentes. A gente vê aqui, durante a premiação, vários atletas que se destacaram. Nós sabemos que João Pessoa e a Paraíba têm um grande potencial para este segmento esportivo, de atletas com alguma deficiência. Por isso, foi preciso acontecer essa integração durante a primeira edição. E o resultado desse evento é o incentivo a prática desportiva por pessoas com algum tipo de deficiência”, celebrou.

Final de Basquete em cadeira de rodas – Depois da solenidade de encerramento e da entrega das medalhas, ainda aconteceu o jogo final de basquete para cadeirantes entre a Associação Atlética dos Portadores de Deficiência da Paraíba (AAPD – PB) e a Associação Pestalozzi do Estado da Paraíba (APEP), no final da partida, a (APEP) foi campeã com 40 pontos contra 30 pontos da (AAPD – PB) e todos os jogadores receberam suas respectivas medalhas.

Atletas que se destacaram – André da Silva Pereira, (18), atleta da (Funad), com deficiência intelectual, competiu no Atletismo, nas modalidades de arremesso de peso, lançamento de disco e dardo e ganhou três medalhas de ouro nas provas que disputou. “Eu gosto de competir, mas, não esperava ganhar tantas medalhas, participei apenas pela vontade de brincar. Uma grande alegria! Minha mãe me incentivou e gostou muito resultado”, relatou.

Já o deficiente auditivo, Marcos Ferreira, (32), da Associação de Surdos de Cabedelo, foi campeão na modalidade de Futebol de Salão ou Futsal, além de artilheiro da competição. A tradutora de Libras Raquel Durval, nos ajudou na conversa com o vencedor. Ele disse que gostou muito dessa primeira edição que a (PMJP) organizou e que a estrutura do evento está de parabéns. “Espero que no ano que vem a Prefeitura de João Pessoa organize a segunda edição do Festival, para que eu venha participar e ganhar novamente e ser o artilheiro”, comentou.

Modalidade destaque – As disputas de Bocha foram bastante acirradas no Festival porque vários atletas das instituições que competiram ativamente. Apesar de pouco divulgada na Paraíba, a modalidade foi implantada pela (Apae) de forma pioneira. A vantagem da Bocha, para esse tipo de atletas, é que a modalidade propõe as pessoas que tem deficiência física motora severa a participação em um esporte.