Dupla Antônio Barros e Cecéu anima São João de JP neste domingo

Por - em 156

Na terceira noite do ‘São João de João Pessoa – O Melhor da Gente’, a festa do Ponto de Cem Réis vai ser animada pela dupla Antônio Barros e Cecéu, considerada um dos maiores ícones da música nordestina, como Jackson do Pandeiro e Luiz Gonzaga. Também na programação deste domingo (24) estão os emboladores Zezinho e Carlos Batista, o cantor Alexandre Pé de Serra e o grupo Ripa na Chulipa.

Os shows começam às 18h. Enquanto isso, na Praça Dom Adauto, acontece o ‘XVI Concurso de Quadrilhas Juninas de João Pessoa e Região Metropolitana’, a partir das 20h. A realização do evento é da Prefeitura da Capital (PMJP), por meio da sua Fundação Cultural (Funjope).

A herança da dupla Antônio Barros e Cecéu é reconhecida nacionalmente e está explícita em composições como “É proibido cochilar”, “Procurando tu”, “Forró do poeirão”, “Homem com H”, “Brincadeira na fogueira”, “Naquele São João”, “É madrugada”, “Pra que fogueira”, “Debaixo do lençol”, “Buli com tu” e “Já faz tempo não lhe vejo”. São mais de 150 clássicos gravados. Juntos desde 1971, eles mantêm até hoje uma convivência regada por amor e música.

Antonio Barros e Cecéu se encontraram em 1971. Além de comporem juntos, levaram a bandeira da cultura popular brasileira, gravadas por importantes intérpretes nacionais. Em consequência, alcançaram popularidade até no exterior, em países como Itália, Espanha, Portugal e Israel.

Zezinho e Carlos Batista – A dupla de emboladores se apresenta no palco da cultura popular a partir das 18h. Nascido em Alagoa Grande, Zezinho Batista é embolador de coco, hoje residente em Mamanguape. Começou a cantar aos 12 anos de idade. Ao lado do Mestre Aivelino Pedro, iniciou sua carreira. Já se apresentou em diversos locais do País, como Rio de Janeiro, São Paulo, Maranhão, Rio Grande do Norte, Rondônia e Roraima. Seu parceiro musical é o sobrinho e também embolador, Carlos Batista.

Alexandre Pé de Serra – No palco da cultura popular, por volta das 19h30, se apresenta Alexandre Pé de Serra. No repertório, estarão composições próprias, a exemplo de ‘Coração Forrozeiro’, Matuto Cheiroso’ e ‘A fim de Namorar’.  Ainda vai ter espaço para homenagens aos principais ícones da música nordestina, como Luiz Gonzaga, Pinto do Acordeão e Jackson do Pandeiro.

A estrada musical de Alexandre Pé de Serra começou aos 17 anos de idade. O artista já possui dois CDs gravados, intitulados “Autenticidade Forrozeira” (2000) e “Matuto Cheiroso” (2003). O primeiro DVD recebeu o nome de “Alexandre Pé de Serra Ao Vivo”.  As composições tocaram e continuam sendo executadas não apenas no Brasil, mas também no exterior, em países como Portugal, Angola, Espanha, França e Estados Unidos.

Ripa na Chulipa – Às 21h, no palco dos shows, é a vez do grupo Ripa na Chulipa. O compromisso da banda é dar continuidade ao estilo deixado pelos grandes nomes da música popular brasileira – o chamado forró de raiz. A ideia surgiu há oito anos, utilizando como instrumentos apenas a sanfona (Raul), triângulo (João Neto) e zabumba (João Macarrão). Depois de três anos de trabalho, os integrantes resolveram acrescentar bateria (Ronaldo), baixo (Edmilson), guitarra (Índio) mais um vocal (Rosângela) e efeitos (Pelé).

Ripa na Chulipa já gravou três CDs, intitulados “Só Pra Quem Gosta de Forró” (2009), “Prá se Dançar” (2010) e “Dance Forró” (2011). Este ano, os músicos formataram seu último álbum e, em 2013, a banda vai gravar o quinto CD, só com músicas autorais. O público presente poderá conferir “Danado de Bom” (Luiz Gonzaga e João Silva); “Saudade de Forró de Gonzagão”, “Se não Fosse o Forró” e Baião de Três” (todas de Adilson Medeiros); e “Neném Mulher”, de Pinto do Acordeon.

Festival de Quadrilhas – O ‘XVI Concurso de Quadrilhas Juninas de João Pessoa e Região Metropolitana’ começou na última quarta-feira (20). Vários grupos vêm se apresentando na Praça Dom Adauto, sempre a partir das 20h. As quadrilhas que vão animar a noite deste domingo são as seguintes: Zé Monteiro (Cristo Redentor – JP); Flor de Lírio (Funcionários IV- PB); Industrial (Bairro das Indústrias – JP); Explode Coração (Conjunto Colinas do Sul – JP); Coração Nordestino (Mangabeira VI – JP); Linda Flor do Sertão (Mangabeira VIII – JP); Arco Verde (Cidade Verde/ Bairro das Indústrias- JP); e Bafo de Bode (Ernani Satyro – JP).

Tradição – A festa junina de João Pessoa é realizada pela Prefeitura Municipal, por meio de sua Fundação Cultural (Funjope) e atrai milhares de pessoas, entre moradores e turistas. São dezenas de atrações. A programação é considerada uma das mais tradicionais do País. Ou seja, é constituída, exclusivamente, por grupos e artistas nacionais e locais que tocam os ritmos considerados as matrizes do forró (baião, xote, xaxado, rojão, xamego, balanço, miudinho, forró-samba e quadrilha, ou arrasta-pé).

Além do palco para shows, há um espaço para as apresentações de grupos da cultura popular (coco, ciranda, emboladores, repentistas).  Este ano, os homenageados são Luiz Gonzaga e a cantora pernambucana, radicada na Paraíba, Marinês, conhecida como a “Rainha do Xaxado”.

Confira a programação:

São João de João Pessoa – O Melhor da Gente’:

Local: Ponto de Cem Réis (Centro Histórico de João Pessoa)

Horário: 18h

24/06 (domingo)

18h – Dupla de emboladores Zezinho e Carlos Batista (cultura popular)

19h30 – Alexandre Pé de Serra (cultura popular)

21h – Ripa na Chulipa (palco)

22h30 – Antonio Barros e Cecéu (palco)

25/06 (segunda-feira)

18h – Coco de Roda do Mestre Benedito (cultura popular)

19h30 – Marluce Forrozeira (cultura popular)

21h – Clã Brasil (palco)

22h30 – Alceu Valença (palco)

26/06 (terça-feira)

18h – Coco de Roda Novo Quilombo de Gurugi (cultura popular)

19h30 – Chameguinho do Forró (cultura popular)

21h – Forró Caçuá (cultura popular)

21h30 – Trio Nordestino (cultura popular)

27/06 (quarta-feira)

18h – Penha Cirandeira (cultura popular)

19h – Forró da Mala (cultura popular)

20h – Fuba de Taperoá (palco)

21h – Pinto do Acordeon (palco)

22h30 – Dejinha de Monteiro (palco)

28/06 (quinta-feira)

18h – Ciranda do Sol (cultura popular)

19h30 – Amigos do Forró (cultura popular)

21h – Swing Nordestino (palco)

22h30 – Santanna (palco)

29/06 (sexta-feira)

18h – Ciranda Tupinambá, do Mestre Carboreto (cultura popular)

19h30 – Flor de Caruá (cultura popular)

21h – Os Três do Xamego (palco)

22h30 – Flávio José (palco)

‘XVI Concurso de Quadrilhas Juninas de João Pessoa e Região Metropolitana’

Local: Praça Dom Adauto (Centro Histórico de João Pessoa)

Horário: a partir das 20h

24/06 (domingo)

Quadrilha Junina Zé Monteiro (Cristo Redentor – JP)

Quadrilha Junina Flor de Lírio (Funcionários IV- PB)

Quadrilha Junina Industrial (Bairro das Indústrias – JP)

Quadrilha Explode Coração (Conjunto Colinas do Sul – JP)

Quadrilha Junina Coração Nordestino (Mangabeira VI – JP)

Quadrilha Junina Linda Flor do Sertão (Mangabeira VIII – JP)

Quadrilha Junina Arco Verde (Cidade Verde/ Bairro das Indústrias- JP)

Quadrilha Junina Bafo de Bode (Ernani Satyro – JP)