Duplicação da avenida Cruz das Armas é discutida em Brasília

Por - em 30

O projeto de duplicação da avenida Cruz das Armas, em João Pessoa, foi discutido pelo secretário de Infraestrutura do Município, João Azevêdo, no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), em Brasília, nesta quinta-feira (1º). Segundo o secretário, serão necessário cerca de R$ 5 milhões para a execução do projeto. “A reunião foi para se definir as ações técnicas necessárias para a viabilização desses recursos”, reforçou.
 
O secretário João Azevêdo se mostrou otimista com o resultado da reunião. Na próxima semana será encaminhada uma nova documentação justificando a liberação dos recursos através do Ministério dos Transportes. Essa foi à segunda vez que representantes da Prefeitura de João Pessoa e do Dnit se reúnem para discutir esse tema.
 
A duplicação da avenida Cruz das Armas será mais uma obra relevante do Governo Municipal voltada para a melhoria do trânsito de João Pessoa. Parte da avenida que será duplicada vai do trecho próximo ao Cemitério São José até a BR-230. A obra vai possibilitar o desafogamento do trânsito, principalmente nos horários de pico. No trecho em discussão o trânsito é mão e contramão e concentra um grande número de veículos, razão pela qual também se registra alto índice de acidentes envolvendo veículos e pedestres.
 
Na reunião, foi discutida também a execução das obras do viaduto de Tambauzinho, ligando a avenida Júlia Freire (Torre) à Gerald Mariz, sobre a BR-230, e de duas passarelas sobre a BR-230 localizadas próximo ao Centro Administrativo Municipal (CAM) e no bairro João Agripino. Para o projeto do viaduto está prevista a liberação de aproximadamente R$ 1 milhão. A Prefeitura de João Pessoa aguarda apenas o resultado da análise técnica do Dnit para a realização da licitação. A liberação da análise técnica para a construção das passarelas está sendo aguardada para esta sexta-feira (2). Os recursos para a obra são estimados em R$ 1,2 milhão.  
 
Todas essas intervenções discutidas em Brasília fazem parte do Plano de Ações Integradas (PAI) 2009-2010, anunciadas no mês de setembro pelo prefeito da Capital, Ricardo Coutinho. Os investimentos giram em torno de R$ 305 milhões com ações nas áreas de infra-estrutura, saúde, educação, habitação, esporte e lazer.