Educação: lista de aprovados sairá no dia 22 de janeiro

Por - em 26

O resultado das provas objetivas do concurso da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) para preenchimento de 991 vagas da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec) será divulgado no próximo dia 22 de janeiro. Até lá, o Instituto Movens, responsável pela seleção, aconselha aos candidatos que separem a documentação exigida para a prova de títulos, a ocorrer logo após a divulgação da lista dos classificados, entre os dias 23 e 25 daquele mês. Se inscreveram no concurso 18.114 pessoas, sendo que 17.260 fizeram as provas no último dia 16, segundo balanço preliminar do Movens. Esses estão concorrendo em 15 cargos, com salários que variam entre R$ 686,48 (nível médio) e R$ 915,33 (nível superior).

Junto com o listão dos aprovados (que terá cerca de 5 mil nomes, um número cinco vezes maior que o total de vagas oferecidas), será divulgado o resultado da análise dos recursos apresentados contra questões das provas, nos dias 19 e 20. O assessor da superintendência do Instituto Movens, Augusto Pinto da Silva Neto, disse que os recursos ainda não haviam chegado ao órgão, que tem sede em Brasília (DF), provavelmente devido à dificuldade de transporte, comum nesta época do ano. As provas valem 50 pontos.

Títulos – De acordo com o edital do concurso, a avaliação de títulos valerá até 5,25 pontos, ainda que a soma dos valores dos títulos apresentados seja superior a esse valor. Serão aceitos diplomas de conclusão de doutorado, mestrado e de curso de pós-graduação (especialização), devidamente registrados, ou certificados/declarações, acompanhados dos históricos dos cursos (valendo 0,70 pontos, o primeiro; 0,50, o segundo e 0,30, o terceiro).

A comprovação de exercício de atividade profissional na administração pública ou na iniciativa privada, em empregos e cargos de mesmo nível de escolaridade e área concorrida, vale 0,50 pontos por ano completo, podendo chegar até 2 pontos. Publicações de trabalhos científicos ou de interesse para a área em periódicos internacionais e nacionais, com conselho editorial, valem até 0,50 (0,25 por publicação).

Cursos – Os candidatos que tiverem cursos de atualização ou de aperfeiçoamento na área de ensino infantil e fundamental, com carga horária mínima de 120 horas, podem ganhar até 0,75 pontos (0,25 por curso comprovado). Os cursos de atualização ou de aperfeiçoamento na área de ensino infantil e fundamental, com carga horária mínima de 60 horas, valem 0,25 pontos (até 0,50).

Receberá nota zero o candidato que não entregar os títulos na forma, no prazo, no horário e no local estipulados no edital de convocação para a avaliação de títulos. “No edital que divulgaremos no dia 22 constarão as datas, o local e os horários para a apresentação dos títulos. Quem ainda tiver dúvidas sobre a documentação, deve consultar o edital de abertura do concurso”, lembrou Augusto.