Educadores da PMJP recebem orientações para inclusão de alunos especiais

Por - em 27

Os diretores e especialistas da Rede Municipal participaram nesta terça (06) e quarta-feira (07) de reuniões pedagógicas com o intuito de orientar os educadores e supervisores em como proceder diante do ingresso do aluno com necessidades especiais nas unidades de ensino. O encontro, promovido pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec) aconteceu no auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria.

Na ocasião, também foi realizado um balanço do ano letivo 2011 e as metas para 2012. Houve ainda uma palestra com a temática de como avaliar o aluno com deficiência. Esclarecendo em que casos há necessidade de solicitar o cuidador, professor que fica junto ao aluno pra auxiliar nas atividades diárias.

“Atendemos atualmente cerca de 650 estudantes com necessidades especiais, seja com deficiência, autismo, down ou superdotado. Eles estão divididos nas 94 escolas e 40 Centros de Referência em educação Infantil (Creis) do município. Precisamos desses momentos de interação para que haja uma troca de experiência e para que sejam tomadas soluções para os problemas existentes”, esclareceu a coordenadora de educação especial da Sedec, Sandra Verônica.

Na escola Tharcila Barbosa, situada no Grótão, há 18 alunos com deficiência, a diretora Fátima Santos disse que essas reuniões servem para fortalecer e empenhar a equipe. “O nosso desafio é avaliar o desempenho do estudante e dar condições para ele se desenvolver e em seguida mostrar seu aprendizado, sua evolução”, enfatizou a diretora.

Matrículas – A renovação das matrículas dos antigos estudantes da Rede já está sendo feita automaticamente. Os alunos com necessidades que queiram ingressar, acompanhados do pai ou responsável podem procurar a partir do dia 14 de dezembro, a escola mais próxima de sua residência e solicitar a vaga.

No caso das crianças com deficiência auditiva, a coordenadoria de educação especial da Sedec está montando uma turma de alfabetização para crianças surdas com idade entre seis e sete anos. Os interessados devem entrar em contato com a coordenação através do número: 3218.9285