Educadores sócio-digitais debatem prevenção e combate a crimes praticados pela Internet

Por - em 49

secitec (1)Prevenção a cibercrimes, internet segura e a responsabilidade do poder público em promover o uso consciente e cidadão da rede mundial de computadores foram os assuntos discutidos no III Encontro Pedagógico para Educadores das Estações Digitais, realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), durante todo o dia desta quinta-feira (5).

O encontro, promovido pela Secretaria da Ciência e Tecnologia (Secitec), contou com a participação do promotor de Justiça, Alley Escorel, que falou sobre delitos praticados a partir da web e as ações necessárias para prevenir e punir as pessoas que comentem essas contravenções.

“Nós do Poder Público devemos dar o primeiro passo para adotar medidas de segurança no uso da internet. Precisamos exigir com que se faça o cumprimento da Legislação. Para isso, precisamos ter um maior controle sobre quem e o quê os usuários acessam na esfera pública, já que, segundo pesquisas, cerca de 80% dos crimes cibernéticos partem de lan houses ou cibercafés” revelou.

Prevenção – Apesar do dispositivo não ter referência aos espaços públicos, como é o caso das Estações Digitais do município, a secretária de Ciência e Tecnologia, Marly Lúcio, disse que pretende adotar novas medidas para agir de forma preventiva no combate aos crimes cometidos pela internet.

“Vamos dialogar com o Ministério Público para melhorar nossas ações de prevenção e combate a esse tipo de crime. Queremos ser parceiros nesse desafio”, afirmou a secretária, ressaltando ainda que a missão das Estações Digitais é promover a inclusão digital através da educação, com a oferta de cursos e com o incentivo ao uso cidadão e participativo da internet.

Qualificação – Para o educador Carlos José Nascimento, que atua na Estação Digital do Centro de Referência da Juventude (CRJ) do Alto do Mateus, essa foi mais uma ótima oportunidade de se capacitar, pois a reciclagem permanente dos profissionais de educação é primordial, principalmente na área de tecnologia. “Lidamos diretamente com a população e é necessário estarmos atualizados tantos com novas leis, que foi o caso hoje, como com novos assuntos nas áreas de tecnologia e educação”, declarou.

O Encontro Pedagógico contou com a participação de 60 educadores que atuam nas 38 Estações Digitais espalhadas pela cidade de João Pessoa. Esses espaços têm como objetivo central oferecer à população cursos de aperfeiçoamento e capacitação profissional, além de combater a exclusão digital.