Elba, Assisão e Três do Norte fazem a festa no São João de JP

Por - em 44

A próxima parada da turnê de Elba Ramalho será no Ponto de Cem Réis, nesta terça-feira (22), dentro da programação do “São João em João Pessoa – O Melhor da Gente”. Também sobem ao palco na mesma noite o pernambucano Assisão e o grupo paraibano Os Três do Norte. Os shows acontecem a partir das 19h. O evento também promete muita cultura popular, na Praça Dom Adauto, com duas quadrilhas, a  Ciranda do Vale do Gramame e o trio de forró pé-de-serra Xamego Quente. A realização do evento é da Prefeitura da Capital, através Fundação Cultural (Funjope).

A cartilha de Elba é embalada por diferentes ritmos nordestinos, passando pelo baião, maracatu, xote, frevo, pastoril, caboclinhos e forró. Dentro do trabalho da artista, esses gêneros musicais preservaram sua pureza ao mesmo tempo em que criam novas dinâmicas. É essa Elba, diversa e imensa como o país, que vai se apresentar em João Pessoa, justamente no ano em que ela completa três décadas de carreira.

A última vez que a artista se apresentou na capital paraibana foi no aniversário da cidade. Isso aconteceu em agosto do ano passado, depois de um intervalo de dez anos sem fazer shows em João Pessoa.

Durante o último show realizado em João Pessoa, o repertório de Elba pegou carona no galope de ‘Frevo Mulher’ (Zé Ramalho) e se embrenhou Paraíba adentro, revisitando compositores como Jackson do Pandeiro, Antônio Barros e Cecéu e o cantor Flávio José. Os artistas pernambucanos Dominguinhos, Luiz Gonzaga, Flávio Leandro e Acyoli Neto também entraram na caravana musical. A idéia foi mostrar que as raízes culturais dos dois estados-irmãos permanecem firmes e cúmplices, inclusive nas parcerias entre autores e intérpretes. É essa performance que a paraibana, natural de Conceição de Piancó, deverá repetir no São João da Capital.

Elba chega aos 30 anos de carreira com a conquista de dois importantes prêmios da música. Em 2008, ela recebeu o Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Música Contemporânea Regional ou de Raízes Brasileiras. O trabalho que a levou a receber a honraria foi o disco ‘Qual o Assunto que mais lhe interessa?’ (2007), produzido por Lula Queiroga, Tostão Queiroga e Yuri Queiroga.

Em 2008, Elba voltou às raízes com o disco ‘Balaio de Amor’, distribuído pela gravadora Biscoito Fino e produzido por ela e por Cezinha do Acordeon. Com o trabalho, a paraibana ganhou pela segunda vez o Grammy Latino, em 2009.

Assisão – o artista pernambucano Assisão, durante a adolescência, recebeu influências e aprendeu a ter como ídolos Jackson do Pandeiro, Ary Lobo e Luiz Gonzaga. Em 1975, um agente da gravadora Copacabana descobriu o cantor, que já era conhecido na região do Pajeú. No ano seguinte, ele foi apresentado para o restante do país, com o lançamento de seu primeiro LP, intitulado ‘Forró diferente’.

Considerado um dos maiores talentos do ritmo pé-de-serra, Assisão foi coroado “o rei do forró”. O título, resultado de uma pesquisa feita pela Rede Globo de Televisão, foi recebido das mãos do cantor Raimundo Fagner. Assisão tem no currículo cerca de 700 músicas gravadas, incluindo dois compactos, 21 LPs e sete CDs. Alguns sucessos do compositor já foram interpretados por nomes importantes da música brasileira como Elba Ramalho, Fagner, Jorge de Altinho, Marinez, Trio Nordestino, Os Três do Nordeste, entre outros artistas. Sua música também já ultrapassou as fronteiras nacionais, alcançando países como Angola, EUA, Alemanha e Portugal.

Os Três do Norte – O trio paraibano Os Três do Norte teve inicio em 1986, passando por diferentes formações. Hoje, integram o grupo os músicos Josil, Molla e Nélio. Juntos, eles já participam de vários eventos em João Pessoa. Os três artistas também participaram das seis primeiras versões do Festival Parafolclórico de Blumenau. Marcaram presença ainda no Primeiro Festival Parafolclórico e Musical Catuaân de Goitacuases, em Minas Gerais, e na festa junina das cidades de Chapecó e Concórdia, em Santa Catarina.