Em JP menor preço da gasolina é de R$ 2,39 e do álcool R$ 1,79

Por - em 34

A gasolina está mais barata em 34 Postos de João Pessoa. É o que mostra nova pesquisa de preços dos combustíveis divulgada hoje pelo Procon de João Pessoa. O preço médio do combustível também caiu de R$ 2,561 para R$ 2,548. Álcool e diesel não apresentaram diferenças nos preços se comparados aos valores cobrados na pesquisa da semana passada.

O preço da gasolina para pagamento à vista está variando em até 12,9% na Capital, com uma diferença de R$ 0,31 entre o menor valor (R$ 2,39) e o maior valor (R$ 2,699). A gasolina com menor preço da cidade pode ser encontrada no posto Opção, no Bairro das Indústrias, ao valor de R$ 2,390. Já o preço mais alto é de R$ 2,69, comercializado pelo Posto Villágio, nos Bancários.O consumidor quiser abastecer com gasolina aditivada tem que pagar R$ 2,487 no Posto Extra Petróleo.

O álcool vendido na Capital também apresenta queda no preço em 11 postos. O produto varia entre R$ 1,79 (Posto Opção – Distrito Industrial) com pagamento à vista e R$ 1,99 o que representa uma variação de 11,7% e diferença de preço de R$ 0,21 no litro do combustível.
Em comparação com a última pesquisa divulgada pelo órgão de defesa do consumidor, na segunda-feira (31), 34 postos da cidade baixaram o preço da gasolina comum, 57 mantiveram o mesmo valor para o produto e dois aumentaram.

Já o diesel está mais barato em oito postos. O menor preço é de R$ 1,880, no posto Opção, no Distrito Industrial. O maior preço é de R$ 2,19. E o gás natural tem variação de preço de 5,6%, sendo menor preço de R$ 1,799, encontrado no Posto Metrópole, na avenida Epitácio Pessoa, e maior preço de R$ 1,89.

Os dados serão disponibilizados na sede do Procon-JP, localizada na Avenida Pedro I, 331, Centro, ou no link bit.ly/PesquisaProcon. O consumidor também pode ter acesso às pesquisas de preço dos combustíveis do órgão através de panfletos distribuídos nos semáforos da cidade. Foram visitados 96 postos de combustíveis de João Pessoa. Este monitoramento de preços é realizado há dois anos pelo órgão de defesa do consumidor com a intenção de orientar para que faça a melhor compra de combustível, aproveitando os melhores preços.