Em quatro anos, professores tiveram 34,5% de reajustes

Por - em 34

Os professores da rede municipal de ensino da Capital tiveram 34,5% de reajustes sobre o salário base, no período de 2005 a 2008. O levantamento foi feito pela Secretaria de Administração (Sead) da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), nesta sexta-feira (17). Atualmente, a remuneração total de um professor de Educação Básica I, para um regime de 40 horas, é de R$ 1.078,84. Já o professor de educação básica II com mesma jornada de trabalho recebe como remuneração total R$ 1.328,14. Nestes valores, estão incluídas gratificações por serviço especial mais o percentual do pó de giz.

Os programas de valorização do professor encabeçados pela PMJP vão além da valorização salarial. Em 2007, o Governo Municipal realizou um concurso público com mais 900 vagas. Por meio desta seleção, foram classificados 401candidatos para professores da educação básica I e 211 candidatos para a educação básica II. Já estão atuando na rede 522 professores concursados.

Outra inovação voltada para qualificação do ensino público em João Pessoa é o programa de formação continuada, que atende, além do professor, os demais profissionais que trabalham nas escolas.

Dividida por áreas de atuação, essa atividade é realizada quinzenalmente, buscando repassar ao professor ferramentas pedagógicas para aperfeiçoar seus trabalhos em sala de aula e ainda fomentar a discussão sobre como essas ações são aplicadas diariamente nas salas de aula. Hoje, pelo menos 3.500 professores participam deste projeto.

A mais recente iniciativa do Governo Municipal direcionada para o servidor da educação foi a criação do prêmio ‘Escola Nota 10’. Por meio dessa iniciativa foi instituído e normatizado o Índice de Excelência em Educação, formado a partir dos indicadores de avaliação da aprendizagem e da gestão escolar nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental.

A publicação dos resultados acontecerá no final do ano letivo de 2009 e de acordo com a porcentagem alcançada no índice, os trabalhadores das unidades de ensino poderão receber como premiação o correspondente a um 14º salário, caso a escola atinja 100% de êxito, e a unidade de ensino receberá o selo de Escola Nota 10.