Emlur apresenta em seminário práticas para melhoria do serviço

Por - em 27

A criação de comissões que visam a horizontalização da gestão pública, dando mais transparência e democratizando as decisões para melhorar a qualidade dos serviços prestados à população e valorizar ainda mais os servidores. Esse foi um dos destaques apresentados pela Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) durante o ‘Seminário de Benchmarking’, promovido pelo Programa de Qualidade (PPQ) e pelo Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização (Gespública), do Governo Federal. O evento aconteceu no auditório Máster do Sebrae, em João Pessoa.

O Gespública tem a finalidade de contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços públicos prestados aos cidadãos e para o aumento da competitividade do País. Na ocasião, o diretor-administrativo da Emlur, Renato Leitão, mostrou um vídeo contendo informações sobre os serviços prestados pela autarquia, a valorização do servidor e a modernização nos processos finalísticos da empresa. Foram apresentadas aos participantes do evento as práticas desempenhadas pela empresa na limpeza urbana da cidade, destacando o que foi melhorado com relação a prestação de serviço à população durante a gestão municipal.

Ele enfatizou em sua fala a maturidade da gestão com a implantação de três comissões –Modernização e Administração, Esportiva e de Segurança no Trabalho – para criar mecanismos na busca da eficiência, eficácia e economicidade no desempenho das atribuições desenvolvidas pela Emlur.

O superintendente da Emlur, Coriolano Coutinho, recebeu do gerente do prêmio nacional da Gestão Pública, César Viana, o Certificado de nível de Gestão Pública 2009. O objetivo do certificado é reconhecer o compromisso assumido pelas organizações que realizaram auto-avaliações e elaboraram o plano de melhoria em 2009 para aplicar durante o ano de 2010.

Em seu discurso o superintendente da Emlur enfatizou a importância da Autarquia ter aderido ao Gespública. “A Emlur hoje está preparada para disseminar a importância das ferramentas de gestão do Gespública para toda a esfera municipal paraibana, já que somos o primeiro órgão público municipal a aderir e ter resultados concretos”, observou.

Segundo ele, por meio do Gespública a Emlur conseguiu criar um alicerce, onde os servidores se envolveram na busca de uma melhor qualidade do serviço público. “O tema gestão pública, independente da natureza dos governos, será sempre um desafio e, nós, estamos trabalhando para que ele permaneça na empresa não importando quem venha a governar futuramente”, ressaltou.

A programação contemplou palestras, casos de sucesso, debates e workshop que irão de maneira completa disseminar as melhores práticas de gestão da qualidade no estado. Além da Apresentação da Emlur, outros ‘cases’ de sucesso foram mostrados durante o seminário, entre eles, o da Capitania dos Portos da Paraíba, que também recebeu o Certificado de nível de Gestão 2009.

Auto-avaliação – A Emlur realizou o segundo ciclo de auto-avaliação anual da gestão – exercício 2009/2010, demostrando seu compromisso com o aperfeiçoamento contínuo. A Autarquia aderiu ao Gespública no final de 2007, quando fez sua primeira auto-avaliação. Com mais um ciclo de 250 pontos, a Emlur conquistou o direito de utilizar o instrumento de avaliação para os 500 pontos em 2010.

No instrumento de auto-avaliação estão previstos oito critérios de gestão: Liderança, Estratégias e Planos, Cidadãos, Sociedade, Informação e Conhecimento, Pessoas, Processos e Resultados, cada uma com cinco a seis alíneas para serem respondidos.

O que é o programa – O Gespública foi instituído pelo Decreto 5.378, de 23 de fevereiro de 2005. O objetivo do programa é contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços públicos prestados aos cidadãos e o aumento da competitividade do País. Ele nasceu de uma fusão entre o Programa da Qualidade no Serviço Público (PQSP) e o Programa Nacional de Desburocratização.