Emlur cadastra moradores do Castelo Branco para implantar coleta seletiva

Por - em 54

Uma equipe da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) está visitando as residências do Castelo Branco e conversando com os moradores sobre a implantação da coleta seletiva no bairro. O cadastramento das casas que irão participar do projeto foi iniciado nesta semana e deve seguir até dia 2 de julho.

Uma equipe de seis fiscais explica aos responsáveis de cada residência o sistema de coleta para que eles possam decidir pela adesão ao programa. Durante a visita, os fiscais orientam os moradores sobre como fazer a separação correta do lixo seco do úmido e sobre a forma de descarte do material potencialmente reciclável. Um grupo de 15 voluntárias também está acompanhando os fiscais com faixas e adesivos.

A coleta seletiva no Castelo Branco deve ser iniciada logo após o fim do cadastramento, ainda no início do mês de julho. O modelo utilizado será o mesmo que foi testado com sucesso nos últimos dois meses no bairro do José Américo. A coleta será feita aos sábados com o caminhão que foi preparado especialmente para trabalhar com este tipo de material. O veículo possui carroceria aberta e é reforçado com uma estrutura de aço tubular para suportar o peso e o volume da carga.

O superintendente da Emlur, Coriolano Coutinho, acompanhou o primeiro dia de visitas e parabenizou a população pela boa recepção que foi dada aos fiscais que apresentam o projeto. “Pude presenciar um acolhimento maravilhoso ao nosso trabalho por parte das residências e dos comerciantes”, afirmou o superintendente,lembrando que, como resultado de outras ações da Emlur, a consciência ambiental dos moradores está facilitando muito o trabalho dos ficais.

Carlos José, morador do Castelo Branco, afirmou que a reciclagem é muito importante para todos e que a Emlur está de parabéns por essa iniciativa. “Moro e trabalho aqui há 24 anos e nunca tive a oportunidade de participar de um projeto tão importante para o meu bairro”, contou Carlos José. “Eu irei ajudar e convidarei meu vizinho, amigos e familiares para participar deste projeto”.