Emlur coleta 110 toneladas de lixo produzido pelo milho em mercados

Por - em 35

Cento e dez toneladas. Essa foi a quantidade de palha de milho retirada dos mercados públicos de João Pessoa, desde o início do mês junho. Com a chegada das festas juninas é intensificada a venda de milho e, conseqüentemente, a produção de resíduos desse produto, a exemplo de palha e sabugos. Para manter os equipamentos públicos limpos, a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) montou uma operação especial, disponibilizando agentes de limpeza extras e ainda caçambas e pá carregadeira para fazer o recolhimento do material.

Atualmente, cuidam da higienização do Mercado Central 33 agentes de limpeza. Para o mês de junho foi necessário colocar uma equipe extra, formada por 18 servidores da Autarquia. A limpeza continua sendo realizada durante os três turnos e sempre é reforçada quando necessário.

Além disso, foi disponibilizado para aquele equipamento público uma caçamba, que fica durante todo o dia fazendo o recolhimento da palha do milho. Essa coleta está sendo realizada de duas a quatro vezes por dia, dependendo da demanda.

Já nos demais mercados públicos não foi necessário colocar equipes extras, apenas se ampliou o número de vezes em que o caminhão faz a coleta e o recolhimento das palhas. Em Oitizeiro, a higienização está sendo feita diariamente por 12 agentes; em Cruz das Armas são oito servidores e, no Bairro dos Estados, também oito agentes.

O comerciante José Rodrigues, de 34 anos, vende milho no Mercado Central. Ele lembrou que nessa época do ano a venda do produto aumenta significativamente e o trabalho que vem sendo realizado pela Emlur está atendendo a demanda. De acordo com o vendedor, o equipamento público está muito mais limpo, mesmo com a grande produção diária de resíduos.

Já o diretor de Operações da Emlur, Orlando Soares, destacou que a produção da palha este ano foi muito grande, superando até o montante de anos anteriores. Ele lembrou que esse tipo de material não tem muito peso e sim volume. Adiantou que a operação especial nos mercados deverá se estender até o final deste mês.