Emlur e alunos de faculdade realizam exposição na praia de Tambaú

Por - em 23

As pessoas que passaram na manhã dessa quinta-feira (28) pelo Busto de Tamandaré, na praia de Tambaú, se depararam com um cenário diferente. A Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) montou no local exposição de objetos de decoração e utensílios fabricados a partir do reaproveitamento de materiais jogados no lixo.

A iniciativa fez parte do evento promovido por alunos da Faculdade de Enfermagem e Medicina Nova Esperança (Facene/Famene), para chamar a atenção da necessidade de preservação do meio ambiente. Além da arte feita através do lixo, a Emlur levou para a atividade música, com uma apresentação do seu coral.

A ação educativa da Facene/Famene é da disciplina ‘Estágio Supervisionado’ e foi promovida pelos alunos que cursam o segundo período de Enfermagem. Com o evento, eles pretenderam chamar a atenção para a necessidade de preservar o meio ambiente, através da redução do consumo, reutilização de materiais e promoção da reciclagem.

Durante a ação, os estudantes abordavam as pessoas que passavam pelo local e entregavam panfletos que falavam sobre o que é lixo, a sua classificação (orgânico, biodegradável, não-biodegradável, orgânico e inorgânico), o tempo de decomposição e dos problemas que são gerados ao se colocar o lixo em local inadequado e acondicionado de forma indevida.

A Emlur sempre tem participado de eventos que tenham o objetivo de disseminar práticas de preservação e incentivar a mudança de postura em defesa do meio ambiente. “Através das peças que são produzidas pelos artesãos e artistas plásticos da nossa Oficina de Artes, mostramos que nem tudo que se joga fora é lixo. Com muita criatividade, ensinamos às pessoas a utilizar papel, jornal, latinhas, vidro, entre outros materiais, para fazer arte”, lembrou a superintendente da Emlur, Laura Farias Gualberto, que elogiou a iniciativa da instituição de ensino de fazer um evento voltado para a preservação do meio ambiente.