Emlur faz oficina sobre material reciclável para funcionários do IPM

Por - em 35

A Oficina de Artes da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) está promovendo aulas de reaproveitamento de material reciclável para funcionários do Instituto de Previdência do Município (IPM). As aulas tiveram início na segunda-feira (26), na sede da autarquia localizada no Bairro dos Estados, e devem continuar até esta sexta-feira (30).

Os artesãos e artistas plásticos da oficina estão mostrando como o material descartado pelas pessoas, muitas vezes considerado como lixo, pode ser reaproveitado e ganhar uma nova vida útil. Com a proximidade do Carnaval, os funcionários do IPM estão aprendendo a confeccionar enfeites da época, como máscaras, serpentina, cubos e bolas decorativas, tudo produzido a partir de materiais como papel, papelão, alumínio, garrafas pet, vidro e jornal.

O artista plástico Sebastião Formiga é um dos alunos da oficina e contou que está animado com as aulas. “Como já trabalho com papel machê e papetagem, estou feliz em participar de mais uma forma de aprendizado. A Emlur faz um importante trabalho e contribui para manter a cidade cada vez mais limpa”, destacou.

O objetivo da oficina é preparar os funcionários do IPM para que produzam a decoração de reinauguração do Shopping Popular 4 & 400, no Varadouro. Além disso, eles vão ensinar o que aprenderam na Oficina de Artes da Emlur aos idosos vinculados ao Instituto, que farão a decoração para a festa de carnaval deles, no mês de março.

Segundo Jussara de Araújo Trigueiro, que trabalha no IPM e dá assistência ao Clube do Idoso, as aulas são uma oportunidade de levar aos idosos a idéia do reaproveitamento. “Estamos trabalhando com material reciclado e todo este esforço para mim é gratificante, pois o aprendizado que estamos adquirindo cada vez mais aqui na Emlur será transmitido aos idosos com muita atenção e o carinho que eles merecem”, afirmou.

Segundo Roberto de Carvalho, coordenador e artista plástico da Oficina de Artes da Emlur, a atividade mostra a importância da reciclagem e do trabalho de conscientização realizado pela autarquia. “O convite para realizar a oficina com os funcionários do IPM mostra o reconhecimento da população do bom trabalho que vem sendo realizado pela Emlur”, destacou. Além das aulas de reaproveitamento e de produção de peças decorativas a partir de material reciclável, os funcionários do IPM se tornarão também multiplicadores, pois vão passar adiante o que aprenderam.

O superintendente da Emlur, Coriolano Coutinho, é um dos incentivadores desse tipo de processo de aprendizagem. Para ele, transformar material reciclável em produtos reutilizáveis é uma ação de extrema importância para que “o meio ambiente possa ser preservado e a população viva em harmonia com a natureza”.