Emlur inicia ação de limpeza no Valentina e áreas vizinhas

Por - em 15

Além da coleta domiciliar dos resíduos sólidos feita diariamente em João Pessoa, a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) possui uma programação diária para atender os bairros e comunidades com ações de limpeza em terrenos públicos, varrição de ruas, roço, capinagem e pintura de meio-fio. Na manhã desta segunda-feira (9), a Autarquia iniciou a Operação Limpeza nos principais corredores do Valentina de Figueiredo, que possui uma população de aproximadamente 22 mil habitantes, segundo o último censo feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Essas atividades têm como objetivo deixar a cidade ainda mais limpa, melhorando a qualidade de vida dos pessoenses. Até julho deste ano a Operação Limpeza beneficiou 60 bairros, sendo 1.585 ruas com os serviços de varrição, capinação e roço. Já a pintura de meio-fio foi feita em 512 ruas e foram limpos 153 terrenos públicos baldios.

Na ação realizada no Valentina e comunidades vizinhas, estão envolvidos 80 agentes de limpeza entre funcionários da Emlur e das empresas terceirizadas, que trabalham nos serviços de varrição, roço, capina, pintura de meio-fio e limpeza de terrenos públicos. Na Comunidade Mãe de Deus, no Geisel, a Emlur está realizando uma ação de roço.

De acordo com diretor do Departamento de Remoção de Resíduos Sólidos, Varrição e Coleta (Devac), Noé Estrela, as comunidades como Planalto da Boa Esperança, Cidade Maravilhosa, Mussumago, Paratibe, Santa Bárbara e Frei Damião também serão beneficiadas com os serviços de limpeza. Estrela informou que o trabalho deve ser concluído dentro de 10 dias. Os próximos bairros a receber a Operação Limpeza serão definidos ainda esta semana pela direção da Emlur.

Equipamentos – Para o serviço no Valentina Figueiredo, os agentes de limpeza utilizam ferramentas como carrinho de mão, pás, vassouras e estrovengas, além de equipamentos como moto niveladora e a pá mecânica. Também estão sendo usados 16 caminhões abertos para recolher o mato, areia, lixo, objetos e a poda ao término de limpeza de cada rua.

Depoimentos – Os moradores do Valentina Figueiredo aprovaram a ação de limpeza iniciada pela Emlur. “É um serviço muito bom, pois impede o acúmulo de lixo e, consequentemente, a proliferação de insetos que causam doenças. A Prefeitura está de parabéns. O nosso bairro estava precisando dessa grande ação de limpeza”, disse o funcionário público Evanildo Silva, que mora na Rua Mariângela Peixoto.

A mesma opinião é compartilhada pela dona de casa Soraia Batista, que mora na Rua Farmacêutico Rufino S. da Silva, próximo ao ponto final do ônibus. Ela, no entanto, culpa os próprios moradores pelo acúmulo de lixo nas ruas e nos terrenos baldios. “A maior culpada é a população, que não tem consciência e suja as ruas e os terrenos baldios ou coloca os sacos de lixo fora do horário de passagem do caminhão de coleta, permitindo que os catadores informais ou bichos espalhem os resíduos”, contou. O caminhão de coleta recolhe o lixo no Valentina Figueiredo as terças, quintas e sábados, no período noturno.

Colaboração – O superintendente da Emlur, Deusdete Queiroga Filho, informou que a Autarquia elabora uma programação diária para a realização das ações de limpeza em diferentes bairros. Todos os dias equipes da Autarquia e das empresas terceirizadas estão nas ruas para assegurar a limpeza da cidade. Além do nosso empenho, é importante que a população se conscientize e não jogue lixo em lugares inadequados, como terrenos baldios, rios, canais e bueiros, evitando assim alagamentos e a proliferação de doenças, enfatizou.