Emlur lança projeto ‘Catadores de Arte’ no Ariano Suassuna

Por - em 26

A arte como forma de transformação e evolução. É com essa visão que a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) lança nesta segunda-feira (29) o projeto ‘Catadores de Arte’ com um grande show musical. O trabalho, que reúne espetáculo de música, teatro e artes plásticas, tem como objetivo mostrar à população as ações culturais promovidas dentro da empresa com participação dos servidores. O evento será realizado no Teatro Ariano Suassuna, a partir das 20h17, e reserva muitas surpresas para o público.

Durante o espetáculo, o grupo de Percussão ‘Baticumlata’ e o Coral da Emlur vão mostrar que com apoio e muita dedicação podem fazer música e arte de qualidade. Os artistas plásticos e artesãos da Oficina de Arte também farão parte da programação do evento com uma exposição de peças produzidas a partir de materiais potencialmente reaproveitáveis (papel, vidro, metal, plástico). O lançamento do projeto será uma oportunidade de João Pessoa conhecer o trabalho de valorização social e cultural desenvolvido pela Autarquia.

Para abrilhantar a festa, o show contará com a participação de convidados importantes como o trombonista Radegundis Feitosa, Antônio Barros e Cecéu, Escurinho, Lucyane Alves, do Clã Brasil, e a Orquestra Splok. O espetáculo também terá a participação de uma banda composta por grandes instrumentistas da Paraíba como Costinha (sax e flauta), Igor Wendell (teclados), Sérgio Gallo (contrabaixo) e Glauco Andrezza (bateria). Um vasto material (fotografias, vídeo e texto) foi organizado pelo fotógrafo Ricardo Peixoto para ser apresentado durante o espetáculo.

O projeto ‘Catadores de Arte’ saiu do papel graças ao incentivo do superintendente da empresa de limpeza urbana, Coriolano Coutinho, aos grupos culturais da Emlur. Para ele, a empresa está promovendo inclusão social e mudando a perspectiva de vida de muitos servidores quando investe nos grupos culturais. “Esse trabalho mostra o quanto é forte a cultura para a transformação e o empoderamento das pessoas”, afirmou.

O show servirá como amostra para um CD que os grupos culturais estão gravando. O CD terá composições de vários artistas como Livardo Alves, Chico César, Milton Dornellas, Pedro Osmar, Paulo Ró, Antônio Barros e Cecéu, além de canções compostas originalmente pelo maestro Carlos Anísio para esses grupos.