Emlur leva ações de educação ambiental para escolas e instituições

Por - em 29

O Departamento de Valorização e Recuperação de Resíduos Sólidos (Devar) da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) está realizando durante esta semana uma série de ações educativas em escolas municipais, órgãos públicos, empresas e condomínios residenciais de João Pessoa. Essas ações têm como objetivo realimentar os projetos de coleta seletiva desenvolvidos e já implementados pela autarquia, além de levar educação ambiental para novas instituições.

Nas escolas municipais onde o projeto da Coleta Seletiva ‘Santo de Casa faz Milagre’ já foi implantado estão sendo realizadas palestras educativas e apresentações do Teatro de Bonecos com o intuito de reforçar a importância de se separar e acondicionar adequadamente os resíduos..Na manhã da terça-feira (17), especialistas em educação ambiental realizaram palestra na Escola Municipal Paulo Freire, no Jardim Veneza. De forma lúdica e descontraída, eles sensibilizaram aos alunos do 2º ao 4º ano do ensino fundamental sobre a forma correta de se separar o lixo e realizar a coleta seletiva na escola e dentro de suas residências.

Os especialistas em educação ambiental participaram de uma palestra sobre Coleta Seletiva no Carrefour, como parte da programação da dentro da Terceira Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Sipat). Durante o evento, foram abordadas as formas corretas de se armazenar o lixo, a importância de se praticar os 3 R’s (reduzir o consumo, reutilizar os materiais e reciclar) e os problemas causados pela decomposição de resíduos em lugares inapropriados.

Uma ação educativa será realizada no Centro de Cidadania de Mangabeira,em parceira com o Empreender, nesta quarta-feira (18), às 14h, para comerciantes e feirantes do Mercado de Mangabeira. A palestra tratará da forma correta de se acondicionar os resíduos produzidos no ambiente de feira.

Nesta quinta-feira (19), será a vez de realimentar o projeto ‘Santo de Casa faz Milagre’ na Escola Municipal Frei Afonso, no Baixo Roger, a partir das 8h30. A palestra e a encenação do Teatro de Bonecos vão incentivar os professores de Educação Artística da escola a confeccionarem seus próprios coletores, a partir de material reaproveitável, como papelão, plástico, alumínio, entre outros.

Em parceria com o Tribunal Regional do Trabalho (TRT-PB), os especialistas em educação ambiental vão participar na tarde desta quinta-feira de uma reunião com objetivo de avaliar os resultados do processo de coleta seletiva já implantado na instituição pela Emlur. Serão discutidas estratégias para otimizar o Plano de Gestão de Resíduos Potencialmente Recicláveis da Emlur colocado em prática pelos funcionários do TRT.

Segundo Elma Xavier, diretora do Devar, a autarquia possui um importante programa de educação ambiental realizado junto à população. “A importância dessas ações educativas consiste em delegar responsabilidades aos munícipes quanto à necessidade do saneamento sócio-ambiental, da qualidade de vida e bem-estar”, disse.
O superintendente da Emlur, Coriolano Coutinho, considera essencial a realimentação dos projetos desenvolvidos pela autarquia para que a prática da coleta seletiva seja incorporada ao dia-a-dia da população. “Nosso papel, além de cuidar para que a cidade esteja sempre limpa como nossos serviços diários, é provocar transformações que levem a um bem coletivo e uma melhor qualidade de vida da sociedade. Isso só é possível com a colaboração de todos”, ressaltou o titular da pasta.