Emlur leva dicas de educação ambiental a escola de Tambaú

Por - em 19

Música, encenação e educação ambiental marcaram a manhã de 280 alunos da Escola Municipal Seráfico da Nóbrega, no bairro de Tambaú, em João Pessoa. As atrações foram levadas para a instituição, nesta quarta-feira (10), pela Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) com o objetivo de chamar a atenção das crianças para a necessidade de preservar o meio ambiente e de praticar a coleta seletiva.

Em um primeiro momento, os alunos receberam informações sobre educação ambiental. Os educadores da Emlur explicaram aos garotos o que é a coleta seletiva e qual a sua importância dela para o meio ambiente e para a geração de renda das famílias que vivem da venda de material reciclável. Os estudantes ainda ficaram sabendo o que é projeto ‘Santo de casa faz milagre’, que levará a coleta seletiva para dentro da escola.

Logo depois, o grupo de teatro da Emlur arrancou risadas das crianças, que ficaram sabendo um pouco mais sobre o trabalho que o órgão realiza na cidade, através da encenação de servidores da Autarquia. Vestidos de palhaço, eles ainda levaram informações sobre o ‘Acordo Verde’ que está implantando uma nova etapa da coleta seletiva na cidade.

Finalizada a encenação, foi a vez das crianças acompanharem a apresentação do Coral da Emlur, que também é formado por servidores da Autarquia. Muito afinados e acompanhados pelo violão do maestro Carlos Anísio, os cantores encantaram a meninada com músicas como ‘Espumas ao vento’.

Para terminar o dia diferente, os alunos dançaram e cantaram com o grupo de percussão da Emlur, o ‘Baticumlata’. Formado por servidores da Autarquia, em sua maioria agentes de limpeza, o grupo usou instrumentos de trabalho para fazer a apresentação, entre eles vassouras, baldes e latas. Na apresentação, os alunos conferiram uma fusão de estilos musicais.

A superintendente da Emlur, Laura Farias Gualberto, participou do evento realizado na escola em que ela já ministrou aulas. Ela destacou a importância de realizar atividades com crianças, como forma delas terem consciência de como é trabalhoso manter a cidade limpa. “Também chamamos atenção para a necessidade de reduzir o consumo, reutilizar materiais e promover a reciclagem, conceitos que fazem parte dos três ‘Rs’. As crianças absorvem com muita facilidade esses princípios e se transformam em eficientes multiplicadores”, comentou.

A diretora da escola, Luzia Bernadete, agradeceu a Emlur por proporcionar um dia diferente para os alunos. “A Emlur nos abriu as portas para que tivéssemos essa manhã diferente e estamos muito felizes com isso”, comentou.

Dentro da Escola Municipal Seráfico da Nóbrega é desenvolvido um trabalho voltado para o meio ambiente. A professora Silene Moura desde 1989 leva as crianças da escola para passear nas praias e fazer a coleta dos resíduos que são deixados nas areias. Depois, esse material é separado e os alunos fazem um relatório sobre o que foi encontrado. “Esse trabalho serve para conscientizar as crianças a jogar lixo na lixeira e de não jogar lixo nas praias”, disse, acrescentando que o trabalho de educação ambiental que foi realizado nesta quarta-feira servirá para que a escola passe a fazer a coleta seletiva.