Emlur leva orientações sobre lixo a moradores do São José

Por - em 32

A Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) montou uma operação especial de limpeza, fiscalização e educação ambiental no Bairro São José. Na manhã desta quarta-feira (8), 10 educadores ambientais e oito fiscais percorreram residências e comércio da Rua Edmundo Filho, a principal do bairro, orientando os moradores quanto ao acondicionamento correto do lixo e a importância de colocar os sacos de lixo na porta no horário próximo à coleta.

Agentes de limpeza promoveram varrição, capinação e retirada de lixo dos becos. Essa operação vai até a próxima quinta-feira (10) com o objetivo de atingir o maior número de moradores. A intenção da Emlur com esse tipo de atividade é conscientizar as pessoas para a preservação ambiental do lugar onde vivem, mas nem sempre é fácil.

A comerciante Terezinha Maria, que mora há 23 anos no bairro, disse que a casa onde vive com o marido e os filhos fica ao lado de um beco, que vem sendo usado pelos moradores como ponto de lixo. “O caminhão de coleta da Emlur passa nos dias certos, mas logo em seguida as pessoas recomeçam a jogar o lixo. Não adianta bater boca, pois é muito arriscado”, contou a comerciante.
A coleta domiciliar no bairro é feita por uma das empresas terceirizadas e passa regularmente nas terças-feiras, quintas e sábados.

Nas ruas e becos aonde o veículo não pode entrar, a Emlur implantou a coleta alternativa em que um agente de limpeza recolhe o lixo das portas das casas e leva para uma caixa estacionária, que fica próxima a BR-230, para que seja levado pelo caminhão de coleta. Com isso, o bairro é atendido diariamente, não havendo necessidade de o lixo ser jogado na rua ou dentro do rio.
Durante a abordagem, os agentes ambientais e fiscais entregaram panfletos e fizeram uma pesquisa com os moradores para saber a satisfação deles com relação à coleta domiciliar, entre outros questionamentos. Na próxima semana, o setor de Educação Ambiental da Emlur vai realizar ações educativas na comunidade Padre Hildon Bandeira, na Beira Rio; Condomínio da Amizade, no Valentina Figueiredo, e na Rua do Arame, no Grotão.

A Autarquia também está com programação de varrição, capinação, roço e pintura de meio-fio nos bairros João Agripino, Castelo Branco, Ilha do Bispo, Bancários, Rangel, Grotão e na Avenida Hilton Souto Maior. Segundo Elma Xavier, diretora da Educação Ambiental, essa ação contínua e permanente é de vital importância para a qualidade ambiental dos bairros.