Emlur prepara caminhada de mulheres contra a violência

Por - em 33

A Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) prepara pelo quinto ano consecutivo a caminhada das mulheres com tema sobre a violência. Em 2008, mais de 400 mulheres da Emlur deixaram seus instrumentos de trabalho para participar do evento pelas ruas do Centro de João Pessoa pedindo menos violência e mais igualdade, paz, participação e cidadania. Este ano, elas vão repetir a dose na próxima sexta-feira (6 de março). A caminhada das mulheres da Emlur faz parte da programação da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) em comemoração ao Dia Internacional da Mulher (8 de março), definida pela Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres (CPPM).

A concentração para o evento começa partir das 8h no Teatro Santa Roza, na Praça Pedro Américo, onde será servido um café da manhã no jardim lateral do prédio e haverá show com o grupo de percussão da Emlur, ‘Baticumlata’. A caminhada sairá em direção ao anel interno do Parque Solon de Lucena (Lagoa) e será animada por trios elétricos. No encerramento, as mulheres vão cair no passo da ciranda de Vó Mera.

Homenagem– A caminhada, organizada pela Divisão de Bem-Estar Social da Emlur (Dibes), promete chamar a atenção de todos que estiverem passando pelas ruas do Centro de cidade. Com o tema ‘Enfrentamento à violência: Entre nessa luta’, elas vão prestar uma homenagem às mulheres vítimas de violência. Pouco antes do início do trajeto, as participantes vestirão sacos de lixo pretos e máscaras, representando o luto por cada mulher que sofreu ou ainda sofre violência em casa, na rua e no trabalho. As máscaras e os cartazes usados durantes a caminhada serão confeccionados pela Oficina de Arte da Emlur.

“Vamos de novo alertar homens e mulheres sobre a necessidade de construir, juntos, um mundo mais justo, humano, igualitário e sem violência”, adianta a chefe da Dibes, Maria Aparecida Pontes. Para ela, essa mobilização é importante, pois a violência está presente no dia-a-dia das mulheres. “É necessário que essa questão seja discutida diariamente para conscientizar a sociedade desse mal que aflige o universo feminino”, disse.

Conscientização – O superintendente da Emlur, Coriolano Coutinho, falou sobre a importância do evento para a conscientização das mulheres com foco na cidadania e na justiça social. “Com essa caminhada, queremos dar visibilidade a uma questão pública séria e divulgar as ações políticas que a PMJP vem realizando para conscientizar a mulher no enfrentamento à violência”, ressaltou.

Ainda durante o mês de março, a Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres (CPPM) em parceria com a Emlur realizará oficinas de sensibilização sobre violência doméstica e esclarecimentos relacionados à Lei Maria da Penha (11.340/06), criada para prevenir e coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher.