Emlur prepara cemitérios de João Pessoa para Dia das Mães

Por - em 37

Os seis cemitérios de João Pessoa estão sendo preparados para receber um grande número de visitantes no Dia das Mães, que será comemorado em 9 de maio. Desde a semana passada, a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) está promovendo serviços de capinação, varrição, recolhimento de lixo e pintura de meio-fio nesses equipamentos públicos. O Dia das Mães é uma das datas em que o fluxo de visitantes aumenta nos cemitérios, por isso a preocupação da Autarquia com a limpeza e organização. Para o serviço foram designados 60 agentes de limpeza, que devem concluir todo o trabalho até o final da próxima semana.

No cemitério do Cristo Redentor, que fica no bairro do mesmo nome, a limpeza já foi finalizada. Até a próxima terça-feira (4), o serviço acontece no cemitério Senhor da Boa Sentença, no Varadouro. Além desses dois, os outros quatro cemitérios passarão por um mutirão de limpeza, sendo eles: São José, em Cruz das Armas; Santa Catarina, no Bairro dos Estados; São Sebastião, no Mussumago e Nossa Senhora da Penha, na praia da Penha.

De acordo com o diretor do Departamento de Remoção de Resíduos Sólidos/Varrição e Coleta (Devac), Noé Estrela, a limpeza nos cemitérios é realizada com regularidade, mas, o trabalho aumenta em datas que mais recebem visitantes, como Dia das Mães, Dia dos Pais e Dia de Finados.

“O cemitério recebe ações de limpeza e manutenção durante todo o ano; porém, quando se aproximam as datas especiais, os serviços são intensificados e a Emlur realiza um mutirão para deixar os equipamentos públicos limpos e organizados para os visitantes”, disse Estrela. O entorno e as ruas que dão acesso aos cemitérios também passarão por um mutirão de limpeza.

Para domingo, a Emlur montou um esquema especial. Noé Estrela informou que agentes de limpeza ficarão nos seis cemitérios durante todo o dia, para que esses equipamentos públicos fiquem limpos. Montamos equipes especiais para que os cemitérios permaneçam limpos antes, durante e depois das visitas do Dia das Mães, disse o diretor. Ele esclareceu que não cabe à Emlur fazer a manutenção dos túmulos. “Isso compete aos familiares”, explicou.