Emlur realiza intervenções em áreas de risco devido às chuvas

Por - em 32

A Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) está empenhada em minimizar os transtornos causados pelas fortes chuvas deste final de semana. Os diretores de Operações, Orlando Soares, e de Remoção de Resíduos Sólidos, Noé Estrela, percorreram na manhã desta segunda-feira (6) comunidades que ficam em áreas de risco próximo a barreiras e rios verificando a situação e tomando medidas para recolhimento de lixo, entulhos e desobstrução de rios e canais. A ação está sendo feita em conjunto com a Defesa Civil e outras secretarias da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP).

A intervenção da Emlur teve início no último sábado (4) na avenida Tito Silva, em Miramar, no trecho entre as comunidades Tito Silva e São Rafael, por onde passa o rio Jaguaribe. O lixo e uma densa vegetação obstruíram a vazão das águas do rio provocando alagamento nas duas vias da avenida e inundado casas da população ribeirinha. Oito agentes da Equipe de Operações Especiais, quatro caçambas, uma retroescavadeira e uma pá-carregadeira fizeram o serviço de retirada do lixo e da vegetação, que foi concluído por volta das 22h. No mesmo dia, outra equipe limpou o canal que transbordou na comunidade Santa Emília de Rodat, na Ilha do Bispo.

Nesta segunda-feira (6), por causa das fortes chuvas, houve uma nova descida de lixo e de vegetação que tornou a obstruir a passagem das águas do rio Jaguaribe, alagando a avenida Tito Silva e, novamente, invadindo casas da população ribeirinha. A Emlur deslocou para o local oito homens, quatro caçambas e uma escavadeira hidráulica para retirar esse material e dar vazão às águas. O serviço de desobstrução do rio deve ser concluído à tarde. O trânsito foi interrompido e agentes da Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans) estão no local para orientar motoristas. A previsão da STTrans é que a via esteja liberada às 18h. Os veículos, inclusive ônibus, estão sendo desviados por outras vias de acesso.

Outro ponto visitado pela Emlur foi a ponte do Rio Cuiá, na Rua Francisco Porfírio, ladeira entre Mangabeira e Valentina Figueiredo. Nessa área, o rio transbordou e invadiu a via deixando o trânsito lento. Na Comunidade do Timbó, nos Bancários, a autarquia de limpeza urbana está retirando os entulhos e o lixo.

A dona de casa Rosangela Santana, moradora da comunidade Tito Silva, disse que a Emlur fez a limpeza nas margens, na ponte e na comunidade no último sábado, mas com o volume de água devido às chuvas o problema agravou-se. “O lixo ficou preso embaixo da ponte entupindo a passagem da água”, disse a dona de casa. Segundo ela, mais de 80 pessoas já perderam seus pertences por causa da inundação. A Emlur disponibilizou um telefone para registro de ocorrências: 08000 83 2524.