Emoção na entrega de doações da Emlur ao Hospital Padre Zé

Por - em 18

A doméstica Yolanda Menezes da Silva, 48 anos, moradora do Centro, sabe muito bem o que é precisar dos outros na hora da doença. Sem plano de saúde e desesperada devido a uma úlcera vesiculosa que estava comprometendo até mesmo o simples ato de andar, Yolanda encontrou ajuda no Hospital Padre Zé, localizado no bairro de Tambiá, que atende a população carente de João Pessoa. Mesmo com a melhora após o tratamento, Yolanda pode passar mais um Natal no leito do hospital. “O ano passado também estive aqui por essa época. Os médico e enfermeiras do Padre Zé são muito competentes, só tenho a agradecer a eles e às pessoas que fazem doações para que esse hospital continue ajudando a tanta gente”, disse emocionada a doméstica. Segundo ela, se não fosse o hospital não teria como fazer o tratamento.

Essa é a história de dona Yolanda e de muitos pacientes que procuram o Hospital Padre Zé para tratamento e encontram portas abertas e profissionais competentes, mas, acima de tudo, cuidadosos com o próximo. Por ser uma instituição sem fins lucrativos, o hospital vive de doações para manter o atendimento às pessoas carentes.

No final da manhã desta terça-feira (22), o superintendente da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), Coriolano Coutinho, acompanhado de servidores, entregou as doações da campanha ‘Natal Solidário da Emlur’, que acontece pelo terceiro ano consecutivo na empresa. Quarenta e três sacolas contendo produtos de higiene pessoal como sabonetes, pastas de dente, fraldas descartáveis, perfumes, talcos, entre outros materiais, foram arrecadadas pelos setores da Emlur. A campanha foi organizada pela Divisão de Bem-Estar Social (Dibis) da Emlur e envolveu todos os funcionários.

As doações foram recebidas pela diretora clínica do Hospital Padre Zé, a médica Haydeia Ciraulo, que agradeceu ao superintendente e aos funcionários da empresa de limpeza urbana pelo gesto de solidariedade e amor ao próximo. “Essas doações significam muito para nós. É preciso ter sensibilidade para reconhecer o sofrimento daqueles que estão doentes, acamados e tentar amenizar as dores do próximo”, ressaltou a médica.

A diretora informou que a procura pelo Hospital Padre Zé aumenta a cada dia. Ela contou que mais de 500 pessoas recorrem mensalmente aos serviços do estabelecimento de saúde. O Padre Zé oferece 60 leitos para internamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS), ambulatório com várias especialidades médicas, laboratório, centro de imagem (raio-x) e ultrassonografia. “Toda doação é mais que bem-vinda”, enfatizou Haydeia Ciraulo.

Coriolano Coutinho destacou o trabalho filantrópico desenvolvido pelo Hospital Padre Zé. Ele falou da seriedade dos profissionais e da qualidade dos serviços prestados à população, mesmo sendo um hospital que sobrevive de doações. “É importante contribuir com esse trabalho, ajudando a amenizar o sofrimento daqueles que mais necessitam”, comentou o titular da pasta. Uma das entidades filantrópicas mais tradicionais da capital paraibana, o Padre Zé foi fundado em 1965 pelo monsenhor José da Silva Ribeiro Coutinho e mantêm um serviço médico-assistencial às pessoas mais carentes.

Serviço – Você também pode ajudar o Hospital Padre Zé. As doações podem ser feitas no seguinte endereço:

Hospital Padre Zé
Localização: Avenida Desembargador Botto de Menezes 657, Tambiá
Telefone: (83) 3241.8080