Empolgação do público marca o Concerto de Natal 2008

Por - em 33

Centenas de pessoas, entre elas turistas e pessoenses, se renderam na noite dessa quinta-feira (25) ao brilhantismo da Orquestra de Câmara de João Pessoa e às belas vozes do Coral Villa-Lobos. Essa união comprovou, mais uma vez, porque o ‘Concerto de Natal’ nas areias da praia de Tambaú já se tornou tradicional, inserido no calendário dos principais eventos da cidade. No repertório, músicas eruditas e populares, com novos arranjos do maestro Gustavo Paco de Gea, foram executadas em uma apresentação que durou cerca de uma hora. A realização foi da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), por meio da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

Sob a regência de Paco de Gea, alternada pela maestria de Carlos Anísio, o popular e o erudito se encontraram em cordas e vozes. Um dos pontos mais emocionantes foi a execução da tradicional ‘Ave Maria’, de Bach-Gounod. A interpretação foi da solista e cantora lírica Fátima França, que conseguiu silenciar a platéia, deixando-a em um misto de admiração e contrição.

O público soube silenciar, mas também participar na hora certa. Durante a execução da música ‘Oh happy day’, de Hankhs, os espectadores não tiveram dúvida. Resolveram cantar com os 20 integrantes do Coral Villa-Lobos e marcar o compasso com palmas.

Entre o erudito e o popular, o repertório executado pelos 40 músicos da Orquestra de Câmara e acompanhado pelos coralistas do Villa-Lobos incluíram ainda outras peças e canções bem conhecidas e de espírito natalino. Na apresentação o público ouviu ‘Uma viagem de trenó’ (Leopold Mozard); ‘Panis angelicus’ (César Franck); ‘Jesus Alegria dos Homens’, (Bach); ‘My sweet love’ (G. Harrison); ‘Bate o sino’, (autor desconhecido); ‘Noite feliz’ (Franz Guiber e Joseph Mohr); ‘As pastorinhas’ (Rosa e Braguinha); e ‘Boas festas’ (Assis Valente).