Empreender em Cajazeiras deve beneficiar ambulantes

Por - em 31

O programa de microcrédito de Cajazeiras (cidade localizada no Sertão paraibano, a 461 quilômetros da capital), que será inspirado no Empreender-JP, deve ter como primeiros beneficiados os vendedores ambulantes da cidade. Eles poderão tomar empréstimo no valor de até 10 salários mínimos (hoje, R$ 4.650,00), com juros de apenas 0,9% ao mês.
As informações são dos coordenadores do projeto, que estiveram esta semana em João Pessoa para conhecer a operacionalização do programa. A visita foi encerrada na sexta-feira (15), em uma reunião com o secretário municipal de Desenvolvimento Sustentável da Produção, Raimundo Nunes.

Durante o encontro ficou definida a vinda a João Pessoa, na próxima sexta-feira (22), do prefeito de Cajazeiras, Léo Abreu. A idéia é que ele também possa conhecer de perto como funciona o Empreender-JP. Desde 2005, o programa de microcrédito da capital já liberou mais de R$ 9.186.515,00 em empréstimo a 5.681pequenos negociantes. Os cadastrados somam 13.156 e mais de 10,8 mil pessoas participaram dos cursos de capacitação.

De acordo com uma das coordenadoras do programa em Cajazeiras, Janete Cléa Oliveira de Souza, a prefeitura pretende aliar o projeto de geração de renda à meta de retirar todos os ambulantes das ruas da cidade. A intenção é liberar os primeiros empréstimos no dia 22 de agosto, aniversário do município. “Mas isso é apenas uma previsão. Não há nada definido ainda. Vamos, agora, levar a experiência que adquirimos aqui para o Comitê Gestor do programa”, explicou.

O Empreender de Cajazeiras deve seguir o mesmo modelo do projeto de João Pessoa, incluindo a taxa de juros que, hoje, é a menor do mercado. Na opinião de Janete Cléa, a visita a João Pessoa garantiu mais segurança para a implantação do projeto em Cajazeiras. “Estamos mais preparados”, afirma. Além dela, participaram da visita esta semana os coordenadores Maria Aparecida Oliveira Fragoso e Isaac Sátiro Cruz.