Empreender inicia capacitação de 300 ex-alunos do Projovem

Por - em 21

Aproximadamente 300 ex-alunos do programa “Projovem Trabalhador – Juventude Cidad㔠de João Pessoa começaram nesta terça-feira (26) a receber capacitação pelo Empreender-JP (Programa Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios). Divididos em duas turmas de 150 pessoas cada uma, eles vão assistir a palestras sobre empreendedorismo e participarão de atividades que simulam a rotina da administração de uma empresa.

A capacitação está sendo realizada no Hotel e Flat Caju, localizado na praia de Intermares. Nesta terça (26) e na quarta-feira (27), participarão das atividades 150 alunos. Na quinta (28) e sexta-feira (29), será a vez de outra turma de 150 jovens empreendedores. Durante o primeiro dia de atividades, os alunos participam do jogo ‘Best Game’, que recria situações comuns do dia-a-dia de uma pequena empresa.

“Eles são divididos em ‘empresas’ e cada uma delas recebe um ‘empréstimo’ de R$ 160. No primeiro módulo, que é aplicado pela manhã, precisam elaborar o produto – neste caso, chapéus –, comprar matéria-prima, vender para a empresa fictícia ‘Cabeça Feita’ e planejar as próximas etapas”, explica Gisleine Lucena da Costa, integrante da equipe de facilitadores do Empreender, que desenvolve a atividade.

No módulo dois, que acontece no período da tarde, os jovens precisam viver a rotina de lidar com o atravessador. No segundo dia de atividades, eles vão assistir a uma palestra sobre empreendedorismo, ministrada pelo consultor do Sebrae, Mauro Nunes. “Assim, eles vão se envolvendo de maneira lúdica com o dia-a-dia de uma empresa”, afirma Gisleine. “Esse jogo é sempre muito bem aceito e aqui não está sendo diferente. Os jovens estão motivados e participando ativamente”, conta.

É o caso de Pedro Cassiano Neto, de 22 anos. Ex-aluno do curso de Comunicação do Juventude Cidadã, ele faz parte de um grupo de 35 jovens que pretendem montar uma cooperativa nessa área. “Com serviços de panfletagem, locução, carro de som, outdoors, por exemplo”, explica.

Para ele, o Juventude Cidadã foi um estímulo para ir atrás de um sonho antigo: o vestibular de Jornalismo. “Eu tinha vontade de seguir essa carreira e pude conhecer um pouco mais sobre ela com o curso do Projovem. Fiz vestibular este ano e estou esperando o resultado”, conta.
 
Inserção – A capacitação pelo Empreender é uma das ações do Juventude Cidadã para incluir os ex-alunos do programa no mercado de trabalho, estimulando aqueles interessados em abrir um negócio próprio. Depois do curso, eles irão elaborar um plano de negócios para liberação de empréstimos no valor de até dez salários mínimos, com juros e 0,9% ao mês.