Empreender-JP é apresentado à missão técnica de Minas Gerais

Por - em 28

O secretário municipal de Desenvolvimento Sustentável da Produção, Raimundo Nunes Pereira, apresentou na manhã desta terça-feira (14) detalhes sobre o funcionamento do Empreender-JP (Programa Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios) aos integrantes da missão técnica do Sebrae de Minas Gerais que está na Capital para conhecer o projeto.

Nunes falou sobre o início do Empreender, sobre Fundo Empreender e suas formas de financiamento e apresentou os principais números do programa. De acordo com ele, desde 2005, o projeto já investiu R$ 23,3 milhões na economia de João Pessoa por meio de quase 10 mil contratos de empréstimo.

A maioria dos beneficiários é do setor do comércio. Eles representam 54,8% do total de investimentos com recursos próprios. Já o setor de serviços corresponde a 29,9%; o produtivo (indústria e artesanato), 11,7%, e agrícola, 3,6%. O número de pessoas inscritas já chega a 25.901. Desses, 16.364 foram capacitados em cursos e palestras gerenciais.

De acordo com o analista de Políticas Públicas do Sebrae-MG, Cássio Duarte, participam da comitiva representantes de seis municípios mineiros: Franciscópolis, Poços de Caldas, Divinópolis, Contagem, Ituiutaba e Contagem. Ele conta que os gestores dessas localidades são todos vencedores do prêmio Sebrae Empreendedor. “Estamos realizando com essas prefeituras duas missões técnicas para estimular o empreendedorismo: uma internacional, que já aconteceu, no Peru, e outra nacional, aqui em João Pessoa”, revela.

Ele destaca a capacitação pré e pós crédito como uma das marcas mais importantes do projeto. “Tão importante quanto pegar o recurso é acompanhar o empreendedor. Até mesmo se o dinheiro não for liberado”. Segundo Cássio Duarte, muitos dos pequenos empresários brasileiros começam a trabalhar sem conhecer o mercado em que estão entrando. “Para se ter ideia, pesquisas mostram que 44% dos negócios têm início por uma necessidade financeira do empresário”, explica.

À tarde, a comitiva do Sebrae visitou propriedades beneficiárias do Cinturão Verde, a primeira linha especial de crédito do Empreender, voltada a pequenos produtores rurais. O grupo retorna a Minas Gerais nesta quarta-feira (15).

Entre os integrantes da comitiva está o prefeito do município de Poço de Caldas, Paulo César Silva. “Conhecemos o Empreender por meio do Sebrae que, pelo que vimos, é altamente produtivo e tem um alcance enorme. No encontro com o prefeito, pudemos confirmar não só o entusiasmo dele com o projeto, mas já alguns dos resultados. É importante conhecer um projeto que já está em funcionamento e que já pode comprovar que está dando certo”, afirma.

Além do prefeito Paulo César, também participam da comitiva o chefe de gabinete de Franciscópolis, João Ferreira Gonçalves; o secretário de Desenvolvimento de Divinópolis, Macy Luiz de Paula; a sub-secretária de Desenvolvimento de Contagem, Alcione Carla Vaz; o secretário de Obras de Ituiutaba, Luiz Pedro Correa, e a gerente de Projetos Especiais de Contagem, Genovesia Rufino Batista de Sousa, além do representante do Sebrae-MG, Ivanuza Monteiro Dias.