Empreender libera R$ 340 mil e mulheres são homenageadas

Por - em 12

O Empreender-JP vai liberar, nesta sexta-feira (14), financiamentos para mais de 200 pessoas. Ao todo serão cerca de R$ 340 mil investidos na abertura, reforma ou ampliação de um pequeno negócio. Desta vez, 70 mulheres serão contempladas com R$ 117 mil. Na solenidade, que vai acontecer no auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria, a partir das 10h, será empossado o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. Além disso, também será assinado o Plano Nacional de Políticas Públicas para as Mulheres.

O evento será uma grande homenagem às mulheres. Afinal, elas representam hoje mais de 65% do total de pessoas beneficiadas pelo Empreender-JP. “A mulher se diferencia pela intuição nos negócios, pela capacidade de ouvir os clientes. Ela, em geral, carrega uma rede de relacionamentos maior que o homem”, afirma o secretário de Desenvolvimento Sustentável da Produção (Sedesp), Raimundo Nunes Pereira.

De acordo com ele, o dinheiro investido pelo primeiro programa de crédito orientado da Capital é revertido para sociedade na forma de empregos, além de aquecer a economia e fazer a inclusão social. Já beneficiamos direta e indiretamente doze mil pessoas, festeja o secretário.

Nos últimos três anos, foram beneficiadas 3.569 pessoas, que receberam em financiamento um total de R$ 7,4 milhões. Este ano o programa deverá investir mais de R$ 3,5 milhões em microempresas. Acredito que vamos ultrapassar este valor e superar a meta do prefeito Ricardo Coutinho (PSB), que era de emprestar R$ 10 milhões à população de baixa renda a juros menores do que os praticado no mercado, diz Raimundo Nunes.

Plano e Conselho – O lançamento do Plano Nacional de Políticas Públicas para as Mulheres e a posse do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher contarão com a presença de um representante da Secretaria de Políticas para as Mulheres, do Governo Federal. Tomarão posse oito conselheiras, sendo quatro representando a Gestão Municipal e quatro da sociedade civil. O CMDM foi criado pela Lei 8.305/1997, com a função de propor e fiscalizar as políticas públicas voltadas para as mulheres.

Em seguida, o prefeito Ricardo Coutinho assinará o Plano Nacional de Políticas para as Mulheres, reafirmando o compromisso de promover políticas que favoreçam a cidadania dessa parcela da população. O Plano é um instrumento que traz as diretrizes do Governo Federal para os organismos que trabalham com a criação e o desenvolvimento de políticas públicas para as mulheres.
Ao assinar o plano, o Governo Municipal reafirma seu compromisso em desenvolver políticas públicas que garantam os direitos das mulheres, reconhecendo e enfrentando as desigualdades de gênero, destacou Douraci Vieira, secretária de Políticas para as Mulheres.