Empreender Mulher é apresentado e debatido na sexta região orçamentária

Por - em 33

A Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres (CPPM) da Prefeitura de João Pessoa está realizando reuniões sobre o Empreender Mulher nas comunidades que fazem parte da sexta região orçamentária. Na última terça-feira (9), aconteceu mais um encontro no Centro de Referência da Cidadania Júlio Paulo Neto, no Jardim Veneza, onde participaram mais de 150 mulheres. O objetivo das reuniões é apresentar o programa da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) e inscrever as mulheres que vivem numa situação de vulnerabilidade social e têm interesse em acessar o microcrédito.

Segundo a assessora de Trabalho e Enfrentamento a Pobreza da CPPM, Lúcia Silva, há três momentos com as comunidades. No primeiro encontro, além de apresentar o Empreender Mulher, a Coordenadoria conhece a situação vivida pelas mulheres. “Na primeira reunião, refletimos com as mulheres sobre as condições de vida e a importância da autonomia econômica, principalmente para aquelas mulheres que dependem de seu companheiro ou que estão desempregadas”, afirmou a assessora.

No segundo momento, a Coordenadoria das Mulheres volta para fazer o Cadastro Mulher, um questionário amplo que possibilita conhecer a situação econômica das interessadas. O questionário dá acesso à capacitação que é feita por técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável da Produção (Sedesp). Após a capacitação, a última etapa é a liberação do crédito.

Esse foi o segundo momento com a comunidade do Jardim Veneza, onde 152 questionários foram preenchidos. As mulheres inscritas serão chamadas para o processo de capacitação, quando aprendem a criar um plano de negócio e participam de oficinas sobre temas empresariais e de cidadania.

Esperança – Para Iara Andréia, de 33anos, o Empreender Mulher veio para garantir a cidadania das mulheres desempregadas. “Nunca trabalhei de carteira assinada. Minha idéia é abrir uma loja para vender roupas e tenho certeza que com o empréstimo da Prefeitura vou sair da dependência do meu marido. Temos muitas mulheres desempregadas e o Empreender veio para nos dá a esperança de um futuro melhor”, destacou Iara.

Além do Jardim Veneza, a Coordenadoria das Mulheres já visitou o Bairro das Indústrias e já está marcado um encontro para a Comunidade do Vieira Diniz. “Essa parceria da Coordenadoria das Mulheres com o Orçamento Democrático possibilita a gente incentivar, nos processos de formação, a participação política das mulheres na vida comunitária”, acrescentou Lúcia Silva.

O Empreender Mulher é uma linha de crédito especial dentro do Programa Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios (Empreender-JP), com o objetivo de valorizar e incentivar a organização coletiva das mulheres, reconhecendo suas potencialidades e visando o enfrentamento ao desemprego, pobreza e desigualdades de gênero e raça.