Empreender Mulher é apresentado para trabalhadoras de Mangabeira

Por - em 19

Trabalhadoras informais referenciadas nas ações da Unidade de Saúde da Família Nova Esperança, localizada em Mangabeira IV, tiveram a oportunidade de conhecer nesta semana, a linha de crédito especial “Empreender Mulher”. A apresentação foi coordenada pela Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, através da assessoria de Trabalho e Enfrentamento à Pobreza.

Essa atividade surgiu a partir da observação dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) da localidade, quando, em visitas domiciliares, passaram a identificar o alto grau de vulnerabilidade de muitas famílias e que muitas mulheres queixavam-se de sua condição social.

Segunda a agente de Saúde Kátia Regina, muitas moradoras levam a problemática de sua condição social para dentro do consultório médico da Unidade de Saúde. “Percebemos que o papel da Unidade de Saúde da Família vai muito além de consultas médicas e visitas domiciliares, temos uma responsabilidade muito grande para com essas famílias”, acrescentou.

Segundo a assessora de Trabalho e Enfrentamento à Pobreza, da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, Lúcia Silva, a ideia é promover um momento de troca de experiências entre as empreendedoras que já acessaram a linha de crédito e incentivar outras mulheres para a prática da autonomia financeira.

Para Regina Menezes, que é proprietária de um ateliê construído com o crédito do programa, o “Empreender Mulher” lhe deu a oportunidade de ganhar o próprio salário, assim como facilitou a sua vida profissional. “Com o dinheiro do Empreender Mulher consegui adquirir matéria-prima para o meu negócio e tudo aquilo que precisava para trabalhar, sem precisar do incômodo de ter que esperar o dinheiro das vendas para repor mercadorias”, disse a empreendedora.

A ação prevê que após a inscrição essas mulheres serão organizadas em grupos e passam agora a ser acompanhadas pela Secretaria de Políticas para as Mulheres, assim como pela Unidade de Saúde do bairro.